17
jan

Kalani se recuperar após quase morrer em Pipeline

17 / jan
Publicado por Alexandre Gondim às 11:42

kalanionda

Para quem estava no Havaí, o dia 13 de janeiro foi um dos dias mais bonitos do inverno de 2017. Fortes ondas bombaram o “reef” de Pipeline do amanhecer ao crepúsculo. Era o segundo dia do Da Hui Backdoor Shootout, o campeonato que abre o ano competitivo nas Ilhas.

No final da tarde, no fim da luz do dia , o surfista havaiano Kalani Chapman veio em uma onda grande da laje mais profunda do pico e quando ele chega na bancada mais rasa ele é atingido pelo “lipe” e desaparece sem retornar quando a onda passa.

kalaniresgate

“Foi muito semelhante ao acidente de Evan Geiselman no ano passado”, disse Balaram Stack, que estava assistindo da praia quando aconteceu. “Ele desceu e todos nós desviamos o olhar, sem pensar em nada, até que alguém começou a gritar seu nome e todos correram.”

Nathan Florence, Seth Moniz e a patrulha de água de ação rápida observaram o que aconteceu da água e nadaram até lá quase que imediatamente. Eles puxaram-no pelo “strep”, a cordinha que fica presa da perna dele à prancha.

resgate

Levado à praia foi reanimado pelos salva-vidas. Pelo corte na parte de trás da cabeça e o bico de sua prancha quebrado, é provável que ela tenha o deixado inconsciente. Felizmente, seu “strep” não partiu. Assim, Nathan e Seth poderam achar ele submerso.

“O que Nate e Seth conseguiram fazer foi trazê-lo de volta à vida. Isso realmente mostra como a comunidade do surfe é unida e forte” Festeja Balaram o amigo de Kalani.

Esse tipo de acidente é frequente e Pipiline, seja batendo no coral ou na prancha. Diversos surfistas usam capacetes para enfrentar as poderosas ondas de Pipeline e Backdoor, como são chamadas a esquerda e direita desta praia no lado norte da costa de Oahu.

Em 2015, os competidores da WSL Bede Durbidge e Owen Wright sofreram ao encontrarem-se com o fundo de Pipe.

kalanichapman

O Havaiano começa a se recuperar. Uma foto publicada nas redes sociais da marca DaHaui mostra Kalani no hospital mandando um “hang loose”.

Clique aqui e veja o vídeo do momento do acidente.


Veja também