25
set

Mundial da ISA no Japão

25 / set
Publicado por Alexandre Gondim às 15:30

Deyvison Santos, da praia do Xareu em Pernambuco, voando para o mundo. Foto: ISA/Ben Reed

Os melhores surfistas juniores do mundo colocaram-se  a prova no Campeonato Mundial de Surfe Junior VISSLA ISA 2017 em Okuragahama em Hyuga, Japão.

Com 41 países concorrentes, nesta edição, foi quebrado o recorde de países com o maior numero de países concorrentes nos 38 anos de história do evento.
Países que não tem tradição no surfe estão montando suas equipes impulsionadas pela inclusão olímpica do esporte. Como é o caso do sueco Kian Martin, o único representante de seu país no evento.

Time do japão na abertura do evento. Foto: ISA/Ben Reed

“Competir pela Suécia é incrível porque eu quero mostrar aos jovens do meu pais, que eles podem competir em um evento de classe mundial. Esperemos que o esporte continue crescendo no país e, no próximo ano, devemos ter uma equipe completa.” Festejou Kian

O pernambucano Deyvison Santos, da equipe brasileira, fez bonito em sua estréia e chamou a atenção da mídia especializada.

Taro Watanabe dos EUA fez o maior total nas duas ondas somadas em todo dia. Suas duas excelentes ondas de 9,7 e 9,33 resultaram em uma pontuação quase perfeita de 19,03, proporcionando um forte começo na sub-16.

Entre os Sub-18 , Marco Mignot, estrela da equipe que foi Medalha de Ouro na França em 2016, foi o melhor. Mignot e Watanabe foram os únicos a pontuarem acima de 9 pontos.

Veja os melhores momentos do terceiro dia de competição:

Os dois últimos campeões mundiais que participaram no evento, Thomas Debierre (2016) e Leo-Paul Etienne (2014), também elogiaram a performance de Mignot.

Veja os melhores momentos do segundo dia de competição:

Sobre este evento o presidente da ISA, Fernando Aguerre, falou:”Depois de uma incrível cerimônia de abertura em Hyuga, Japão, o primeiro dia foi fantástico na praia de Okagurahama. 41 países se reuniram em paz para celebrar a competição e o esporte. Os melhores surfistas juniores do mundo imprimiram um desempenho surpreendente do nascer ao pôr do sol. Fico seguro em dizer que o futuro do esporte está em boas mãos com esses atletas, alguns vamos daqui há três anos nas Olimpíadas de Tóquio 2020.

Abaixo o primeiro dia de competição:

 

O evento esta sendo transmitido ao vivo no www.isaworlds.com


Veja também