03
abr

Silvana Lima na semi final em Bells

03 / abr
Publicado por Alexandre Gondim às 17:57

Silvana Lima (BRA) quebrou tudo em Winkipop Foto: WSL / Kelly Cestari

Nesta madrugada de terça-feira (03/04) a cearense Silvana Lima conseguiu nos últimos segundos, a primeira vaga nas semifinais do Rip Curl Pro Bells Beach, contra a tricampeã mundial Carissa Moore nas ondas de Winkipop, na tarde da terça-feira na Austrália. Logo na bateria seguinte a do campeão mundial Gabriel Medina e o potiguar Italo Ferreira que tinham acabado de conquistar as duas últimas vagas para as quartas de finais.

“Agradeço a Deus por ter mandado essa onda no final e por eu ter conseguido surfar bem, para ganhar a nota que precisava para vencer”, disse Silvana Lima. “Eu cometi um erro ali no final, deixando uma onda passar pra Carissa, mas nos últimos segundos veio aquela onda. Estou muito feliz. Eu só queria continuar no campeonato, estou me sentindo bem e muito feliz por estar nas semifinais. Estou adorando surfar aqui em Winkipop, que é uma onda mais ‘high-performance’ que prefiro para competir. Espero que as finais sejam aqui”.

Silvana comemorou muito sua vitória. Foto: WSL / Kelly Cestari

A vitória de virada de Silvana Lima na abertura das quartas de final, fechou com chave de ouro a participação marcante do Brasil neste dia de competições. Ela e a havaiana tinham uma nota 7,0 em suas primeiras ondas boas surfadas na bateria e a brasileira liderava com o 5,03 da sua segunda melhor. Nos minutos finais, Silvana tinha a prioridade de escolha da próxima onda e deixou passar uma que Carissa Moore aproveitou bem, pois abriu uma parede mais longa para ela fazer várias manobras e virar o placar com nota 5,53.

Visivelmente preocupada com o vacilo que deu, Silvana não desistiu. Pegou uma onda que acabou sendo ruim, voltou e nos últimos segundos entraram outra maior para a cearense, que não desperdiçou a chance. Ela saiu manobrando forte, com pressão e velocidade, para ganhar a maior nota da bateria, 7,27, que confirmou sua classificação para as semifinais por 14,27 a 12,53 pontos. A cearense já sentiu a emoção de balançar o sino do troféu da vitória no Rip Curl Pro Bells Beach em 2009, numa final contra a hexacampeã mundial Stephanie Gilmore.

Silvana vista do “line up” Foto: WSL / Kelly Cestari

Se repetir o feito, Silvana Lima vai sair de Bells Beach dividindo a liderança do ranking com a norte-americana Lakey Peterson, ou seja, as duas competiriam com a lycra amarela do Jeep Leaderboard na etapa de Margaret River. A adversária da cearense na disputa pela primeira vaga na grande final é a também brasileira Tatiana Weston-Webb, que compete pelo Havaí, onde mora desde criança. A outra semifinal será entre a experiente australiana Stephanie Gilmore e a jovem americana Caroline Marks, de 16 anos apenas.

Veja abaixo a bateria que levou Silvana a semi-final:


Veja também