23
maio

Stephanie Gilmore em busca do sétimo título mundial

23 / maio
Publicado por Alexandre Gondim às 18:24

Stephanie Gilmore

A australiana Stephanie Gilmore segue firme na busca pelo seu sétimo título mundial com a primeira vitória conquistada na etapa brasileira do World Surf League Championship Tour. Ela ganhou o confronto direto pela lycra amarela do Jeep Leaderboard na final do Oi Rio Pro com vice-líder Lakey Peterson e agora abriu quase 4.000 pontos de vantagem sobre a norte-americana, que barrou a brasileira Tatiana Weston-Webb nas semifinais.

“Finalmente eu consegui vencer aqui, pois já faz um tempão que estou atrás de uma vitória aqui no Brasil”, disse Stephanie Gilmore. “Tive alguns momentos difíceis aqui e é sempre um desafio competir com tantas meninas talentosas que estão no Tour. Mas, eu adoro o Brasil, esse lugar é lindo e me diverti bastante. Consegui tocar minha guitarra num show com as meninas (Lakey Peterson e Carissa Moore) essa semana, peguei altas ondas e só quero agradecer a todos os fãs do Brasil. Muito obrigada amigos e já estou ansioso para voltar aqui no ano que vem”.

Lakey Peterson

A norte-americana Lakey Peterson poderia recuperar a liderança do ranking se vencesse o Oi Rio Pro, mas ela só conseguiu achar uma onda boa e o placar terminou em 11,53 a 8,00 para a australiana. Para chegar na decisão do título, a californiana derrotou a gaúcha-havaiana Tatiana Weston-Webb numa semifinal muito disputada, encerrada em 11,27 a 10,40 pontos. Antes, já tinha deixado a tricampeã mundial Carissa Moore nas quartas de final e só não venceu a sua primeira bateria no dia, quando a cearense Silvana Lima fez a melhor apresentação da quarta-feira, 16/05, recebendo uma nota 8,90 e totalizando 15,90 pontos de 20 possíveis.

“Foi um evento incrível e só tenho que agradecer todo esse público que encheu a praia para assistir a gente, foi muito divertido”, disse Lakey Peterson. “Saquarema é uma cidade linda, pegamos altas ondas nas esquerdas aqui de Itaúna, os meninos estavam quebrando nas direitas lá na Barrinha e na quarta-feira, aqui parecia Cloudbreak quando está pequeno. Estou feliz em continuar numa boa posição na corrida pelo título mundial junto com a Stephanie e agora já vou começar a focar na próxima etapa, em Bali”.

Tatiana Weston-Webb

A norte-americana impediu que a gaúcha Tatiana Weston-Webb fizesse sua segunda final no ano com Gilmore, como na etapa de Bells Beach que a hexacampeã mundial ganhou na Austrália. Mesmo com a derrota nas semifinais, Tatiana ganhou uma posição no ranking e agora é a terceira colocada no Jeep Leaderboard. Essa foi a primeira vez que ela competiu como brasileira no Circuito Mundial, pois sempre representava o Havaí onde mora desde criança e agora decidiu passar a defender o país onde ela nasceu para poder participar das Olimpíadas dos Japão.

“Tentei não colocar muita pressão em mim agora que estou representando o Brasil no Tour, consegui manter a calma e estou bem feliz com meu resultado e todo o apoio que recebi da torcida aqui”, disse Tatiana Weston-Webb. “Saquarema é um lugar que tem bastante energia positiva e aconteceram muitas coisas boas nessa semana. Teve o meu aniversário e o do Yago, nossas famílias são muito amigas, o pai dele é meu técnico também, então no geral está sendo tudo muito divertido aqui. Gosto muito dessa onda de Itaúna, gostei da Barrinha também e saio daqui bem feliz com tudo”.

Silvana Lima. Fots: WSL

A última bateria que a gaúcha Tatiana Weston-Webb venceu em Saquarema foi justamente contra a outra brasileira da elite mundial, a cearense Silvana Lima. As duas se enfrentaram nas quartas de final e Silvana vinha embalada da grande apresentação na fase anterior. No entanto, a baixinha não conseguiu achar boas ondas para surfar na bateria e Tatiana pegou as melhores para vencer fácil por 15,33 a 4,60 pontos. Ela, que foi o destaque da terceira fase, registrando imbatíveis 15,90 pontos com a nota 8,90 da sua melhor onda. Com isso permanece em décimo lugar no ranking das quatro etapas completadas no Brasil. A próxima começa dia 29/05 na Indonésia.


Veja também