03
jun

Brasileiro coraoado rei na Indonesia

03 / jun
Publicado por Alexandre Gondim às 16:02

ítalo sendo reverenciado nas areias de Keramas. Foto: @WSL / Kelly Cestari

Parecia esta vendo as ondas para a direita da praia Baía Formosa em um dia clássico sendo surfada pelo seu surfista nativo mais talentoso. Nada disso! Era o potiguar ítalo Ferreira destruindo as ondas de Keramas na Indonésia para ganhar a quinta etapa do circuito mundial de surfe.

Perfeito! Prova disso a nota dez unanime, isso quer dizer, de todos os cinco juizes que julgaram a final do inesquecivel Corona Bali Protected. O coadjuvante Michel Bourez antes de conseguir entender o que acontecia, já estava em combinação. O tahitiano vinha competindo muito bem e abusando da tática de escolher bem suas ondas. Tranquilidade que só foi quebrada por Ítalo na final.

Nota 10. Foto: @WSL / Ed Sloane

O brasileiro “tirou onda”, pediu nota, surfou de base trocada, deu show, parecia realmente esta em casa. Será que alguém ainda dúvida que ele poderá ganhar o título este ano ?
Ele saí de keramas como líder do ranking e ostentará a lycra amarela de número 01 já na próxima terça-feira, 05/06, em Uluwatu, praia localizada, ali mesmo, em Bali, onde acontecerão o restante das baterias que faltavam da terceira etapa que foi realizada em Margaret Reaver e foi interrompida por ataques de tubarões.

Depois de ser carregado no trono pelos balineses ao sair do mar como Rei de Keramas, o campeão falou: “É muito legal voltar a usar a lycra do Jeep Leader, quero aproveitar este momento, mas tem muitos passos ainda que preciso dar para chegar ao título mundial. O CT está cheio de surfistas incríveis, mas estou confiante, quero manter o ritmo e ganhar mais para aumentar minha liderança”.

Italo Ferreira e Lakey Peterson campeões com louvores. Foto: Foto: @WSL / Ed Sloane

E completou: “Essa onda aqui é perfeita, lembra bastante a da minha casa eu tenho surfado bem cedo aqui todos os dias porque eu amo essa onda e queria aproveitar ao máximo. Foi um dia perfeito. O Michel Bourez tem realmente um power-surf, provavelmente o melhor do Tour, então eu sabia que precisava fazer o meu melhor para vencer. Felizmente para mim, encontrei algumas boas ondas para mostrar o meu surfe”.


Veja também