08
Jun

Bilheterias do metrô do Recife voltam a funcionar nesta quinta-feira, diz CBTU

08 / Jun
Publicado por Roberta Soares às 16:40

Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

 

As bilheterias do metrô do Recife voltarão a funcionar nesta quinta-feira (8/6). A Superintendência da CBTU em Pernambuco conseguiu firmar um acordo com os 130 funcionários que estavam sem receber há três meses e a promessa dos representantes da categoria foi de que todos retornarão ao trabalho nas bilheterias das dez estações da Linha Sul e nas seis da Linha Diesel (operada pelo VLT). A estimativa é de que pelo menos 15 mil passageiros estavam viajando de graça diariamente no metrô, o que significa um prejuízo de R$ 24 mil por dia. Situação em nada condizente com a crise financeira vivenciada pelo sistema pernambucano, que sofreu um corte de 38% no orçamento anual de custeio e só conseguiu reaver parte do dinheiro depois de muita pressão pública sobre o Ministério das Cidades.

LEIA MAIS
Sem bilheteria, 15 mil passageiros entram de graça no metrô do Recife por dia
Por favor, ajudem o metrô do Recife. Sistema teve corte de 38% no orçamento

 

“Como a empresa contratada tem pendências trabalhistas, não conseguimos fazer o pagamento diretamente a ela. Esse era o nosso principal obstáculo. Por isso tivemos que negociar o pagamento com o sindicato dos terceirizados e homologar o acordo no Ministério Público do Trabalho (MPT). Assim, acertamos o pagamento e resolvemos o problema. A partir de agora, iremos analisar se trocamos de empresa, realizando uma licitação emergencial, ou não”, explicou o superintendente do metrô do Recife, Leonardo Villar Beltrão. As 16 estações da Linha Sul e Diesel estão há três dias com as bilheterias fechadas porque os funcionários abandonaram os postos sem receber o salário. Por isso, a entrada nas estações está sendo liberada sem pagamento para os passageiros que não têm o VEM (Vale Eletrônico Metropolitano).

A situação é mais um reflexo da crise financeira enfrentada pelo metrô do Recife. A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) teve que repassar para todos os sistemas sob sua gerência o corte de 38% no orçamento anual, provocando uma redução no dinheiro que paga o custeio do metrô do Recife de R$ 82 milhões (quantia já insuficiente para fechar o ano) para R$ 51,8 milhões. A quantia daria para o sistema bancar a operação apenas até este mês de junho. Depois, teria que parar de funcionar em determinados dias e horários. Diante da situação e da grita do próprio metrô, o Ministro das Cidades, o pernambucano Bruno Araújo, garantiu mais R$ 33 milhões para complementar o orçamento inicial, mesmo insuficiente.

 

Bilheterias estão fechadas na Linha Sul. A Estação Largo da Paz é uma delas. Foto: Roberta Soares
A bilheteria da Estação Largo da Paz é uma das que estão fechadas na Linha Sul. Foto: Roberta Soares


Veja também