27
jun

BRT Move, de Belo Horizonte, tem feito motoristas trocarem o carro pelo ônibus

27 / jun
Publicado por Roberta Soares às 10:00

 

 

Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

 

Com informações da WRI – Cidades Sustentáveis

Os dados são da WRI – Cidades Sustentáveis, instituição de pesquisa que atua na área de mobilidade urbana sustentável em suas mais diversas formas. O sistema de BRT (Bus Rapid Transit) mineiro, o MOVE, de Belo Horizonte, está conseguindo fazer com que motoristas de carros deixem o veículo em casa e optem pelo serviço. A pesquisa diz que o MOVE tem, entre seus passageiros, 30% de pessoas com esse perfil.

 

Considerando outros meios de transporte, ainda de acordo com a pesquisa, o BRT MOVE consegue convencer mais gente a optar pelo ônibus. Segundo o levantamento, 52% dos usuários têm os corredores como única opção e 48% poderiam usar outros meios de transportes, inclusive o metrô, mas preferem os ônibus em corredores.

Veja os dados esmiuçados:

– 30% poderiam usar carros, mas preferem o BRT

– 10% poderiam usar o metrô, mas acham o ônibus em corredores do BRT mais adequados para suas necessidades

– 5% poderiam usar moto, mas usam o BRT

– 3% têm como opção táxis, transporte escolar, bicicleta, mas preferem o BRT

– 52% têm o BRT como única opção

9380268

No entanto, ainda um dos principais desafios para Belo Horizonte é fazer com que mais pessoas utilizem transporte coletivo.

O levantamento da WRI Cidades Sustentáveis aponta, ainda, que os principais concorrentes do sistema BRT são as motos, pelo baixo custo de aquisição e manutenção desse tipo de veículo.

O BRT MOVE trouxe vantagens, como redução de até 45% no tempo de viagem, mas falta virar uma rede, problema comum na maioria das cidades onde o sistema foi adotado. Entre elas está o Recife, cuja Região Metropolitana possui apenas dois corredores (Leste-Oeste e Norte-Sul, responsáveis por menos de 10% do transporte diário). Apesar das melhorias no sistema, o MOVE ainda é alvo de muitas críticas, como excesso de baldeações e a lotação.


Veja também