09
jun

Calçadas são recuperadas na Avenida Norte

09 / jun
Publicado por Roberta Soares às 9:00

Foco da ação, mesmo pequena, será o acesso às paradas de ônibus, totalmente destruídos ao longo da via. Fotos: Léo Motta/JC Imagem

Depois da retirada dos históricos gelos-baianos e da substituição da iluminação, a Prefeitura do Recife dá continuidade a pequenas ações para requalificar a Avenida Norte, um dos principais corredores viários da cidade, com nove quilômetros de extensão. Agora, o alvo são as calçadas, um dos inúmeros problemas da via, verificado ao longo de todo o corredor, que corta sete bairros da Zona Norte da capital. O governo municipal vai implantar e requalificar 1,3 quilômetro de calçadas em nove pontos diferentes da avenida, representando um investimento de R$ 498 mil.

O critério para escolha dos locais teve relação direta com o transporte público. São trechos de vias que dão acesso às paradas de ônibus instaladas na Avenida Norte, por onde passam 128 mil passageiros todos os dias. “A prefeitura tem investido na Avenida Norte para tentar melhorar a circulação de veículos, a segurança de pedestres, a iluminação e aparência da via. Realizou mudanças no trânsito e a retirada dos gelos-baianos para implantação de um canteiro central. Era necessário uma melhoria no acesso às paradas de ônibus. Sabemos que a intervenção é pequena para a quantidade de problemas nas calçadas ao longo da via, mas representa um tremendo esforço do município para conseguir os recursos necessários. Isso é importante de ser destacado”, argumenta o Secretário de Serviços Públicos do Recife, Roberto Gusmão.

As ações serão executadas pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) e começam na próxima segunda-feira (11), com a promessa de que sejam concluídas em 90 dias. Serão nove pontos de intervenção atacados ao longo da avenida, correspondendo a aproximadamente 3.350 metros quadrados de área de passeio em concreto, além da implantação de nove rampas de acessibilidade, 26 metros quadrados de piso tátil e 237 metros de guarda-corpo para garantir a segurança dos pedestres. A obra contempla ainda serviços de paisagismo, com a implantação de alegretes, plantio de 164 metros quadrados de grama e 14 árvores, trazendo melhorias para a qualidade de vida dos moradores dos bairros cortados pela via.

 

 

LOCAIS
Os locais que receberão a intervenção são a esquina com a Avenida João de Barros, na Encruzilhada, o trecho entre as Ruas Cecília Reis e Monte Horebe, no Alto José do Pinho, Ruas Bugari e Adalberto Guerra, no mesmo bairro, a esquina da Praça do Trabalho, em Casa Amarela, o Largo Dom Luiz, no acesso ao Morro da Conceição e ao Vasco da Gama, as Ruas Pedro Allain, em Casa Amarela, Iguapé, José Américo de Almeida e Coronel João Batista do Rêgo Barros, na Macaxeira.


Veja também