07
nov.

Comércio inicia contratações para fim do ano; confira onde há oportunidades

07 / nov.
Publicado por Bianca Bion às 20:47

Comércio inicia contratações de fim de ano. Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Comércio inicia contratações de fim de ano. Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem

 

Quem está desempregado e deseja se recolocar no mercado de trabalho tem no fim deste ano cerca de sete mil oportunidades de garantir uma renda e, quem sabe, começar 2017 com carteira assinada. Estimativas da Câmara de Dirigentes Lojistas do Recife (CDL-Recife) apontam que este será o número médio de vagas geradas em toda a Região Metropolitana, em função do aquecimento do comércio durante as festas de fim de ano.
Apesar do cenário econômico desfavorável, a data continua sendo a mais rentável do ano para o varejo. Os contratos realizados nesta época costumam durar até janeiro ou fevereiro, acompanhando também o crescimento das vendas no Carnaval.
Esperança para quem está sem ocupação há muito tempo, a vaga temporária pode ser um caminho para a efetivação. Isso se o profissional souber como se destacar.

LEIA TAMBÉM

» Correios abre 500 vagas em cursos profissionalizantes gratuitos

» ITA oferece 10 cursos online nas áreas de engenharia e tecnologia

» Prefeitura de Alagoinha, na Paraíba, terá concurso público com 78 vagas

Uma das empresas que vai contratar no Estado é a rede de calçados Esposende, que está demandando cerca de 620 profissionais para os cargos de vendedor, estoquista e caixa. “Estamos buscando pessoas comunicativas, que saibam vender e também entendam um pouco de moda”, diz o diretor comercial da rede, Ernani Magalhães.

jc-ECO11007_temporario

Anualmente, a Esposende emprega cerca de 20% dos seus temporários de fim de ano. “Temos profissionais conosco que começaram como temporários no cargo de vendedor e hoje são coordenadores de vendas. Por isso, queremos que os temporários tenham vontade de crescer”, completa.

Outras oportunidades estão sendo oferecidas pela Moraes Recursos Humanos (MRH), também na área de comércio, em setores como calçados, vestuário e acessórios. “Temos muitas oportunidades, mas os contratos estão mais curtos, com duração média de um mês”, diz o professor Moraes, responsável pelo RH. Ao todo, são 704 chances ofertadas. Por questões contratuais, a identidade das empresas não pode ser divulgada, mas o RH disponibiliza um site para os candidatos interessados nas vagas.

CONTRATAÇÃO DEFINITIVA

De acordo com o gerente da recrutadora Randstad no Recife, Fábio Ozório, muitas empresas utilizam o período de festas natalinas como um laboratório para realizar contratações futuras. Diferente do que acontece em um processo seletivo regular – geralmente composto por análise de currículo, entrevista e dinâmicas de grupo – na contratação temporária, o recrutador pode conhecer o comportamento do profissional na prática.

“É a chance de testar a pessoa. Tanto que muitas lojas seguram suas contratações até chegar o fim do ano, com objetivo de observar melhor o novo colaborador antes de efetivá-lo”, diz.

Quem está em busca do primeiro emprego também pode ter vantagem, pois a facilidade de se destacar é maior do que em meio a um processo seletivo regular com candidatos mais experientes. “A dica é não achar que é apenas o emprego temporário, e demonstrar energia, pontualidade, comprometimento e vontade de crescer dentro da empresa”, completa.

Ao final do contrato, Ozório também orienta que o colaborador converse com o gestor sobre a possibilidade de efetivação, caso tenha desempenhado um bom trabalho.


Veja também