04
out

Walmart substitui marca Hiper pela sua no Nordeste a partir de Pernambuco

04 / out
Publicado por Fernando Castilho às 15:46

A partir desta quinta-feira, (5) a marca Hiper Bompreço deixa de existir em Pernambuco. As lojas de Boa Viagem, Casa Forte e Caxangá são reinauguradas após uma ampla transformação do formato. Com o novo conceito, as lojas passam a adotar a marca Walmart.

O projeto faz parte do programa de investimentos da ordem de R$ 1 bilhão ao longo dos próximos três anos no Brasil e que visa colocar em todo o Brasil a marca Walmart em praças onde o conglomerado americano era sobrenome. Em Pernambuco, somente neste ano, o investimento será de R$ 100 milhões.

“Fizemos uma verdadeira transformação do nosso hipermercado, alterando desde a planta da loja, tipo de sortimento, serviços oferecidos a equipamentos do salão de vendas e das áreas internas”, detalha Flavio Cotini, presidente do Walmart Brasil.

O projeto de reinvenção do hipermercado está embasado em diversas pesquisas com consumidores para entender suas preferências e anseios em relação ao formato.

De acordo com Cotini, o objetivo da reinvenção é oferecer uma experiência de compras muito melhor para os clientes. “Teremos uma loja mais confortável, mais clara e com corredores mais amplos, uma qualidade maior nas frutas e verduras, um sortimento mais inovador nos itens de tecnologia e preços baixos sempre”, cita.

“Com uma loja mais produtiva e eficiente, conseguimos oferecer preços mais baixos em uma loja acessível para todos os públicos”, completa.

Em relação ao sortimento de produtos, as mudanças são amplas. A loja foi dividida em três principais áreas: mercearia e higiene/limpeza, perecíveis e não-alimentos/beleza. Na área de mercearia, o foco é produtividade: os produtos estarão em palletts e em caixas prontas para exposição nas gôndolas.

“Os palletts se encaixarão direto na parte inferior das gôndolas, facilitando a reposição e ampliando a produtividade”, cita.

Na área de perecíveis, o foco será na qualidade das frutas e verduras para atrair e fidelizar os clientes. “Perecíveis é o maior gerador de tráfego da loja. Por isso, a ideia é ter uma atmosfera de experimentação. Lá será o nosso ‘teatro’, o palco onde vamos apresentar o show”, destaca.

“Na área de eletrônicos, teremos foco no sortimento que o cliente deseja. Ou seja, vamos trazer muita inovação e as soluções de tecnologia para facilitar o dia a dia do consumidor”, complementa.

E para facilitar o acesso e circulação dos clientes, as lojas ficarão mais claras, com corredores mais amplos e gôndolas mais baixas. Dessa forma, será possível visualizar todas as seções da loja a partir da entrada.

Além disso, os clientes poderão acessar o novo hiper por duas entradas – uma pela área de perecíveis e outra pela de não-alimentos. Em cada uma delas, haverá espaço para exposição de itens específicos da sazonalidade, demonstrando a variedade de sortimento.

O projeto também inclui melhorias nos estacionamentos e na galeria de serviços, com um mix de lojas mais adequado às necessidades dos clientes.


Veja também