03
nov

#ElasCidades – O beijo da mulher-gato

03 / nov
Publicado por Leonardo Vasconcelos às 20:17

#ElasCidades – O beijo da mulher-gato

Mulher-gato

“‘Miau”. Claro que imediatamente olhei em volta para procurar a origem do tal miado. Esperava um gato, mas me deparei com algo melhor: uma gata. Melhor ainda: a mulher-gato. Literalmente, em carne e garras. Fui levemente arranhado por ela nas costas. Confesso que gostei. Afinal, estava em meio dezenas de super-heróis e personagens de desenhos animados em uma praça da Cidade do México e fui abordado logo pela felina.

Parecia um encontro de cosplay no meio da rua. Diversos seres da ficção invadindo a realidade. Claro que na real além de se exibir na pele de seus ídolos eles ganhavam trocados a cada foto tirada com as dezenas de turistas que iam ao local. Ao perceber isto teve fim a rápida ficção da minha mente de ter sido chamado por razões pessoais e não comerciais. Business, claro, desde o início sabia. Enquanto me enganava conversava com ela sobre a paixão por aquele universo mágico. Também me encantava por ele. E por ela.

#ElasCidades – La Barca de Madri

#ElasCidades – O tango azarado de Buenos Aires

#ElasCidades – A trela do Rio de Janeiro

O papo estava tão bom que só fomos lembrar da foto quando chegou uma moça querendo uma com ela. Até ajudei a fazer o registro. A cena se repetiu algumas vezes e entre um clique e outro a conversa rolava solta. Mas deu a minha hora e precisava voltar para o hostel.

Ao me despedir a lembrança: “Conversamos tanto e não vamos tirar nenhuma foto?!”, questionou a felina. “Claro que sim!”, respondi prontamente. Ela me laçou com seu chicote e na hora da foto me deu um beijo na bochecha. Depois da pose, minha vez de perguntar: “É só isso que vou ganhar?!”. Sorriso na boca e depois um beijo nela. É mulher-gato, quem mia por último mia melhor.

*O #ElasCidades são contos (fictícios?) sobre as paixões do @blogmochileo pelas cidades e/ou/quase sempre por suas habitantes. Cada lugar – e as que vivem nele – guarda seu charme único. Como não se apaixonar? Toda noite de sexta (não à toa) o #ElasCidades é publicado [qualquer semelhança com a realidade pode ser, ou não, mera coincidência].

*Acompanhe o @blogmochileo também pelo Instagram, Twitter, Facebook e Youtube.


Veja também