11
abr

Com pênalti nos acréscimos, Cristiano Ronaldo salva Real Madrid

11 / abr
Publicado por Marcos Leandro às 17:55

 

A Juventus esteve muito perto de conseguir um resultado histórico. Vencia o Real Madrid por 3×0 até os 47 do segundo tempo, placar que levava a partida para a prorrogação,  mas um pênalti de Benatia em Vázquez mudou o cenário das quartas de final da Champions League. Na cobrança, Cristiano Ronaldo converteu e classificou os merengues com a derrota por 3×1 – na Itália, o time espanhol tinha vencido por 3×0.  No lance da penalidade, Buffon acabou expulso por reclamação. No outro jogo desta quarta, o Bayern de Munique ficou no 0x0 com o Sevilla na Alemanha e se classificou, pois tinha vencido o jogo de ida por 2×1. Os outros semifinalistas são Liverpool e Roma.

A Juventus começou a todo vapor. Logo no primeiro minuto, em jogada pelo lado direito, Khedira cruzou na cabeça de Mandzukic: 1×0 para o Juve. A pressão italiana teve sequência e Higuaín perdeu uma grande chance de aumentar, chutando em cima de Navas.

 

Foto: Curto de La Torre/AFP

 

A resposta do Real veio aos 10, com Bale, que após defesa de Buffon quase fez um golaço de calcanhar. A bola foi para fora, raspando a trave. Três minutos depois, Isco chegou a empurrar para o fundo da rede, mas a arbitragem marcou impedimento.

A Juve chegou ao segundo gol aos 37, de novo com Mandzukic. O croata ganhou de Carvajal e, de novo de cabeça, marcou o segundo dos italianos. No finalzinho do primeiro tempo, Varane acertou o travessão de Buffon após forte cabeçada.

 

Foto: Curto DE LA TORRE / AFP

 

Para a segunda etapa, Zidane mexeu duplamente na equipe merengue. Asensio e Lucas Vázquez entraram nas vagas de Bale e Casemiro. A Velha Senhora voltou com a mesma formação – antes dos 20 minutos do primeiro tempo, Massimiliano Allegri tinha trocado De Siclio por Lichtsteiner.

O Real passou a ter mais posse de bola, mas foi a Juventus que criou uma boa chance aos 13, com Higuaín, mas Navas espalmou. Logo depois, aos 15, saiu o terceiro da Juventus. Em falha bizarra de Navas, Matuidi fez 3×0. Placar que levava a decisão para a prorrogação.

 

Foto: JAVIER SORIANO / AFP

 

O Real Madrid foi para cima para tentar evitar a prorrogação. Foi então que Buffon e Chielline apareceram para salvar a Juve. O goleiro se esticou todo e evitou o gol de Isco. Já o zagueiro cortou a bola que vinha na cabeça de Cristiano Ronaldo.

Quando todos imaginavam que a decisão iria para a prorrogação, veio o lance capital da partida. Após lançamento em profundidade, Cristiano Ronaldo cabeceou para dentro da pequena área para Vásquez. O zagueiro Benatia foi disputar o lance e e acabou batendo no atacante do Real. Lance polêmico, mas o árbitro marcou pênalti. Depois de muita reclamação da Juventus, Cristiano Ronaldo marcou o gol da classificação espanhola.

 

Foto; PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP


Veja também