12
abr

Duas vitórias e um empate na noite brasileira na Sul-Americana

12 / abr
Publicado por Marcos Leandro às 23:25

 

Com um jogador a menos dos 36 minutos do primeiro tempo aos 36 da etapa complementar, o São Paulo segurou o empate por 0x0 com o Rosario Central no estádio Gigante de Arroyito, na Argentina, na noite desta quinta-feira (12/4), pela Copa Sul-Americana. O time brasileiro teve o zagueiro Rodrigo Caio expulso na etapa inicial. No segundo tempo, Carrizo, do Rosario, também recebeu o cartão vermelho.

Com o resultado, o São Paulo vai precisar derrotar o time argentino por qualquer placar no jogo de volta, dia 9 de maio, no Morumbi, para avançar na Copa Sul-Americana. A melhor chance são-paulina foi de Nenê, que acertou uma bomba no travessão do goleiro Ledesma aos 18 do segundo tempo.

 

 

Foto: MARCELO MANERA / AFP

 

BOTAFOGO

Por Estadão Conteúdo

No duelo entre o campeão carioca e o lanterna do Campeonato Chileno, os brasileiros levaram a melhor. Apesar de um fraco futebol apresentado, o Botafogo conseguiu a virada nos acréscimos por 2×1 sobre o Audax Italiano nesta quarta-feira, em Santiago, no Chile, na estreia das equipes na Copa Sul-Americana.

A partida marcou o reencontro do time alvinegro com um de seus principais ídolos dos últimos anos, o veterano Sebastian “Loco” Abreu, de 41 anos. O jogador começou no banco de reservas, mas entrou no segundo tempo da partida. Chegou a dar perigo para a zaga do Botafogo em jogadas pelo alto, sua especialidade.

No geral, o duelo foi de baixo nível técnico. O Audax Italiano abriu o placar com o brasileiro Sérgio Santos ainda no primeiro tempo em uma das raras oportunidades de gol. O jogador se machucou na etapa final e deu lugar a Loco Abreu.

O Botafogo buscou o empate com Brenner em um lance que mostra bem como foi o jogo. Após mais um dos inúmeros cruzamentos na área, o atacante errou o cabeceio, mas deu sorte de a bola parar na sua frente e, então, mandou para as redes. Aos 46 minutos, Rodrigo Pimpão, que entrou na etapa final, desviou outro cruzamento e mandou para as redes. O duelo de volta está marcada para o dia 9 de maio, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro.

 

 

ATLÉTICO-PR

O Atlético Paranaense estreou na Copa Sul-Americana com uma vitória convincente. O time brasileiro recebeu os argentinos do Newell’s Old Boys, na Arena da Baixada, em Curitiba, e venceu por 3×0, com todos os gols marcados na primeira etapa. Com o resultado, o Atlético Paranaense pode até perder por dois gols de diferença na partida de volta, no dia 10 de maio, no estádio El Coloso del Parque, em Rosario, na Argentina.

O Atlético Paranaense começou melhor e abriu o placar logo aos oito minutos, com o centroavante Pablo aproveitando escanteio cobrado por Guilherme na esquerda e subindo sozinho para cabecear para o fundo do gol. Os brasileiros seguiram dominando a partida e, ainda no primeiro tempo, aos 30 minutos, ampliaram a contagem. Nikão recebeu na entrada da área e bateu rasteiro de perna esquerda, acertando o canto esquerdo do goleiro Pocrnjic, que não conseguiu alcançar.

Seis minutos mais tarde, Lucho González deu belo lançamento para Renan Lodi dentro da área e o lateral-esquerdo escorou para Guilherme completar e marcar o terceiro gol atleticano.

Na segunda etapa, o ritmo foi mais lento. Com a boa vantagem de três gols construída na primeira metade do jogo, o Atlético Paranaense trabalhou a bola no campo de ataque sem correr riscos O time argentino tentava responder, mas não demonstrava organização tática ou brilho individual para criar qualquer lance perigoso. Sem mais jogadas agudas, a partida se encaminhou para o final com a vitória atleticana por 3×0.

 


Veja também