20
mar

Cármen Lúcia NÃO anuncia aposentadoria do STF

20 / mar
Publicado por Giovanni Sandes às 14:42

Ministra Cármen Lúcia, presidente do STF. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil
Ministra Cármen Lúcia, presidente do STF. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

 

Atualização: o jornal Estadão corrigiu a publicação original

Não procede a informação de que a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, anunciou sua aposentadoria no início de 2018. O anúncio da ministra foi divulgado pelo Estadão, que horas depois desmentiu a própria informação. A ministra fez uma afirmação durante uma palestra, segunda (20), de que gostaria de conciliar o cargo no STF com a vontade de lecionar, a partir do ano que vem. A versão original da reportagem provocou uma grande repercussão em Brasília.

 

Cármen Lúcia preside e Temer parece, ainda, um vice decorativo

Governo Temer faz propaganda da transposição até por mensagens SMS, via celular

 

É que, já em dezembro de 2016, o nome dela foi cogitado como opção presidencial – por exemplo, pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB). Para um magistrado concorrer à Presidência da República, precisa se desincompatibilizar do cargo até seis meses antes das eleições, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

Lava Jato chegará aos Estados, em meio aos 211 pedidos de “declínio de competência” ao STF

Andrade Gutierrez delata cartel em estádios da Copa 2014, incluindo Arena Pernambuco

O executivo da Odebrecht que pode abalar a política pernambucana

 

“É uma mulher cuja honestidade e probidade ninguém discute, que tem experiência e tem capacidade”, afirmou o senador paraibano, na época.

Ao que parece, porém, tudo não passou de um erro mesmo.


Veja também