13
set

Ex-ministro de Dilma, José Eduardo Cardozo participa do Resenha Política

13 / set
Publicado por Giovanni Sandes às 18:21

José Eduardo Cardozo, ex-ministro da Justiça. Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

 

O advogado José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça no então governo Dilma Rousseff (PT), estará no Recife nesta sexta (13). E será entrevistado às 15h no programa Resenha Política, veiculado ao vivo todas as sextas-feiras nas redes sociais do NE10 e no JC.

O ex-ministro vem à capital pernambucana participar de uma agenda acadêmica. Vai fazer a conferência de encerramento do Plubius 2017: VI Congresso de Direito Constitucional, na Universidade Católica de Pernambuco.

Famoso junto ao grande público pela imagem em que vai às lágrimas ao fazer a defesa de Dilma durante o impeachment, logo após até os netos da ex-presidente terem sido mencionados no embate político, ele advogou para a petista durante todo o processo de impedimento. Até hoje Cardozo é reconhecido um como feroz defensor de Dilma. Retomou a advocacia após o fim do governo, pelo impeachment, e da Era PT no Planalto.

Mais recentemente, reapareceu no noticiário após o procurador Geral da República, Rodrigo Janot, acusar Ricardo Saud, delator da JBS, de enviar para o exterior um áudio em que um sócio do ex-ministro, chamado Marco Aurélio, teria dito que Cardozo pagaria um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) para manter uma “reserva de boa vontade” caso ele precisasse de algo – o que nunca teria ocorrido. Ele também foi gravado em uma conversa com Joesley Batista, um dos irmãos controladores do grupo J&F, que queria contratar Cardozo como advogado. O ex-ministro citou o sigilo cliente-advogado para não comentar o caso, que nunca chegou a aceitar, mas lamentou ter sido gravado no exercício de sua profissão.


Veja também