20
abr

50 policiais já perderam seus cargos neste ano em Pernambuco

20 / abr
Publicado por Raphael Guerra às 21:17

Policiais militares e civis perderam cargos por prática de crimes diversos.
Policiais militares e civis perderam cargos por prática de crimes diversos.

Envolvidos em crimes diversos, como abuso sexual, extorsão e até homicídios, pelo menos 50 policiais civis e militares já perderam seus cargos neste ano em Pernambuco. A estatística é da Secretaria de Defesa Social. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (20), no mesmo dia em que repercutiu o indiciamento de um coronel da Polícia Militar por crimes de corrupção passiva e falsidade ideológica.

Além de responder criminalmente, Ricardo Fentes Gomes, ex-gestor do Centro Integrado de Operações e Defesa Social (Ciods), órgão ligado à SDS, também é investigado na esfera administrativa. A Corregedoria da SDS tem 50 dias para concluir o caso. Ao final, Fentes também pode perder o cargo.

Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, Fentes “confessou ter recebido indevidamente valores em contratos de prestação de serviço ao Ciods, ao longo da sua gestão (ano de 2015)”. No total, cerca de R$ 400 mil. Ele ainda teria emitido falsos atestados de conclusão de serviços para que as empresas pudessem receber o valor do contrato, mesmo sem a realização dos mesmos. Em geral, as duas empresas investigadas eram contratadas para manutenção de câmeras de segurança instaladas nas ruas.

A Polícia Civil ainda afirmou que os empresários Edmilson Carneiro da Silva, Gilberto Lopes Bezerra Júnior e João Gonçalves da Silva Neto também foram indiciados por corrupção ativa.

Punição aos policiais

Um dos policiais excluídos da corporação neste ano foi um cabo investigado por realizar uma falsa blitz, abordar uma mulher e abusá-la dentro do carro dela, no bairro do Ipsep, na Zona Sul do Recife. O caso foi denunciado com exclusividade pelo Ronda JC.

Leia Também:

Lista dos municípios mais violentos de Pernambuco

Policial punido por brigar por causa de R$ 70

PM punido após tentar entrar em festa sem pagar ingresso

 


Veja também