19
jun

Policial civil é suspeito de furtar pedras de crack e armas de delegacia em Olinda

19 / jun
Publicado por Raphael Guerra às 8:03

Investigações sobre conduta do policial foram conduzidas pela Corregedoria da SDS. Foto: TV Jornal/Reprodução

Um agente da Polícia Civil de Pernambuco é suspeito de furtar cerca de 25 pedras de crack e armas de fogo de dentro da Delegacia de Rio Doce, em Olinda. De acordo com as investigações, conduzidas pela Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS), o policial aproveitou a ausência de outro agente, que saiu para jantar, e praticou o delito.

As investigações confirmaram que as armas foram usadas como garantia de pagamento das drogas adquiridas pelo suspeito a traficantes. O crime aconteceu em janeiro de 2008, mas somente nove anos depois houve a conclusão do procedimento administrativo disciplinar.

O secretário de Defesa Social, Angelo Gioia, solicitou a demissão do agente policial. Caberá agora ao governador Paulo Câmara tomar a decisão, que deve ser publicada no Diário Oficial do Estado nos próximos dias.

Leia Também

Policial militar é demitido após briga por causa de R$ 70

No Recife, policial é investigado por esconder drogas em lixeiras de presídio

Delegada punida após furar pneus de viatura policial em delegacia

Indiciado por corrupção, chefe de fiscalização do DER-PE é exonerado

MPPE investiga desvio de combustíveis na Polícia Militar de Pernambuco

Sete policiais militares são presos por participação em protestos

50 policiais já perderam seus cargos neste ano em Pernambuco

 

 


Veja também