18
set

Em oito meses, Caruaru já tem 40% mais assassinatos do que todo o ano de 2014

18 / set
Publicado por Raphael Guerra às 9:45

Violência em Caruaru: cidade está entre as mais violentas do Estado. Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

Nos oito primeiros meses deste ano, o município de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, registrou 193 assassinatos. Para se ter uma ideia do tamanho da violência, 137 mortes foram contabilizadas ao longo de todo o ano de 2014 na cidade. Isso significa que há um aumento de 40,8% no número de assassinatos. E ainda faltam quatro meses para o ano acabar.

A violência desenfreada em Caruaru voltou à tona após o tiroteio, na noite do sábado, que acabou com o jornalista Alexandre Farias, da TV Globo, baleado na cabeça. O caso está sendo investigado pela polícia, mas os suspeitos continuam foragidos.

O município do Agreste é o quarto com maior número de mortes em Pernambuco. Perde apenas para Recife, Jaboatão dos Guararapes e Paulista, todos na Região Metropolitana.

As estatísticas de crimes contra o patrimônio (assaltos, em geral) também são assustadoras em Caruaru. Foram mais de 6 mil ocorrências registradas pela polícia, segundo a Secretaria de Defesa Social.

COBRANÇA

Em tom político, a prefeita Raquel Lyra cobrou ações do Governo do Estado para diminuir a violência na cidade. “É inaceitável a situação de vulnerabilidade que nós, da população de Caruaru, estamos vivendo diariamente, devido à falta de segurança. Faço por aqui também, da mesma maneira que venho fazendo através de expedientes e reuniões com o Governador Paulo Câmara, mais uma vez, o meu apelo para que melhore as condições das polícias que atendem o município”, diz trecho de nota divulgada à imprensa nesse domingo.

O Governo do Estado, por sua vez, usou as redes sociais para dizer que está investindo na segurança de Caruaru. “Continuamos colocando o #PlanoDeSegurança em execução com o objetivo de levar mais tranquilidade para a população de todas as partes do Estado. Em #Caruaru, será inaugurado em novembro o primeiro Batalhão Integrado Especializado de Policiamento do #Agreste, que vai integrar o trabalho de várias equipes para reforçar a segurança na região”, diz o texto postado na página do Governo no Facebook.

LEIA TAMBÉM

Sociedade cobra um novo programa de segurança para Pernambuco

Município de Goiana tomado pelo medo da violência

‘Sozinhos não vamos conseguir avançar’, afirma secretário sobre combate à violência

SDS vai usar drones em operações policiais e em áreas de risco

 

 

 


Veja também