11
jul

Confira trechos do primeiro depoimento da esposa do médico morto em Aldeia

11 / jul
Publicado por Raphael Guerra às 10:13

No primeiro depoimento, esposa afirmou que médico havia viajado para fora do País. Foto: Leopoldo Monteiro/TV Jornal

O resultado do exame de DNA que confirmou que os restos mortais encontrados dentro de um poço, em Aldeia, eram mesmo do médico Denirson Paes da Silva é mais uma peça para completar o quebra-cabeça sobre o crime. O chefe da Polícia Civil, Joselito Amaral, voltou a afirmar que a morte teria sido premeditada, como revelou o Ronda JC, e que há muitas contradições envolvendo a esposa, a farmacêutica Jussara Paes, e o filho mais velho do casal, Danilo Paes, por isso a forte suspeita de que eles são mesmo culpados pelo homicídio e ocultação de cadáver.

A principal contradição, segundo a polícia, diz respeito ao boletim de ocorrência registrado por Jussara, no final de junho, afirmando que o médico havia viajado para fora do País e não tinha dado nenhuma notícia. O produtor da TV Jornal Gabriel Dias teve acesso às duas páginas que compõem o depoimento prestado na Delegacia de Camaragibe. Veja, a seguir, os principais trechos:

QUE diz que seu esposo tinha quadro de depressão maior, atestado pelo menos desde o ano de 2001

QUE diz que seu esposo já tomou a atitude ao menos duas vezes de viajar sozinho sem avisar e não mantendo contato com a família

QUE relata que a primeira vez o mesmo resolveu ir sozinho a Argentina

QUE nessa viagem […] o desaparecido manteve contato com a família normalmente

Na segunda vez relata a declarante que o desaparecido foi a Nova Iorque sozinho […] que dessa vez o desaparecido avisou a declarante no momento em que ia embarcar para a viagem não informando quanto tempo ficaria nessa viagem […] que dessa vez só se comunicou com seus filhos e o genitor, porém não o fez com a declarante relatar que nessa viagem para Miami a mesma tinha conhecimento

QUE na verdade estava marcada para o desaparecido e a declarante

QUE por conta de um quadro depressivo do filho do casal a declarante resolveu dizer ao desaparecido desde que não ia poder viajar e deixar o filho do casal em um estado que requeria cuidados

QUE explica a declarante que antes mesmo de tal conversa com o desaparecido o mesmo havia expressado o interesse de depois de ir para Miami com a declarante ir de lá sozinho para a Rússia assistir a copa do mundo

[…] depois de dizer ao desaparecido que não mais ia poder ir com ele para Miami com o mesmo […] reiterou a vontade de ir para a Rússia para ver a copa do mundo.

QUE diz a declarante que o desaparecido saiu de casa dia 31/05/18 para um apartamento do casal próximo à residência fixa do casal QUE […] de lá o desaparecido ia resolver umas coisas do apartamento e dia 02/06/18 deveria ter ido viajar, como consta no bilhete de viagem

QUE desde lá não tem notícias do marido.

QUE diz que o mesmo não foi de carro para o aeroporto ou qualquer local que ele esteja, pois o carro encontra-se na garagem da residência do casal sem gasolina.

QUE até o presente momento não se sabe se o desaparecido embarcou na viagem sozinho QUE desde lá o desaparecido não entra em contato com ninguém da família

QUE tentaram ligar para o celular, porém não obtiveram êxito QUE no WhatsApp a última vez que o mesmo visualizou foi dia 31/05/18 às 12:38 da tarde e não mais entrou no aplicativo

QUE dessa vez o procedimento do desaparecido foi diferente e por isso a declarante encontra-se preocupada com receio que possa ter acontecido o pior QUE relata que todas as mídias sociais do marido estão paradas sem nenhuma atualização e que tentaram entrar em contato com o mesmo […] porém novamente sem êxito.

LEIA TAMBÉM

Morte em Aldeia: corpo não teria sido queimado, aponta perícia

69% dos homicídios registrados em Pernambuco em 2017 não foram esclarecidos


Veja também