03
nov

‘Apesar’, da Cie Sôlta, e o circo da vida a dois

03 / nov
Publicado por Márcio Bastos às 19:05

Meandros do relacionamento amoroso são investigados no espetáculo. Foto: Divulgação
Meandros do relacionamento amoroso são investigados no espetáculo. Foto: Divulgação

Duas pessoas se apaixonam, desenvolvem uma relação e, a despeito de suas diferenças, nela resolvem investir. As dificuldades impostas pelo cotidiano, as agruras que podem nascer da convivência e, talvez principalmente, a beleza que existe na decisão de viver uma vida a dois respeitando a singularidade do outro, guiam Apesar, espetáculo da Cia Sôlta (FRA/BRA) que abre a programação do 12º Festival de Circo do Brasil, às 20h, no Teatro Santa Isabel.

Fundada pela brasileira Alluana Ribeiro e pelo francês Tom Prôneur, a Cie Sôlta nasceu do desejo dos artistas de realizar um trabalho autoral a partir dos conhecimentos de ambos na arte circense. Casados, eles desenvolveram Apesar como uma investigação da vida conjugal.

LEIA MAIS
>> Festival de Circo do Brasil em versão portátil
>> Coluna: Circos demandam respeito, Pedro brilha e estreias

“Atualmente, as relações se fazem e desfazem muito rapidamente. Nosso interesse, portanto, foi pensar o que acontece quando duas pessoas decidem ficar juntas apesar de tudo aquilo que as diferencia. É um espetáculo sobre comprar essa briga de conviver e investir na relação”, conta Alluana.

Obra mescla circo e dança. Foto: Divulgação
Obra mescla circo e dança. Foto: Divulgação

Exemplo das múltiplas possibilidades do circo contemporâneo, com várias linguagens e técnicas congregadas, o espetáculo mescla circo e dança. Os protagonistas são excêntricos, desapegados do senso comum do que é considerado “normal”.


Como os artistas acreditam que, para tratar do assunto, muitas vezes, é preciso uma investigação que vá além do prático, porque o amor passa também por esferas para além de equações e listas de supermercado.
“Às vezes a realidade precisa ser amplificada, porque ela está também repleta de absurdo e poesia”, explica.

PALHAÇARIA
Ésio Magalhães, do Barracão Teatro (SP), apresenta o Circo do Só Êu, sábado (5) e domingo (6), às 16h, no Teatro Santa Isabel. O espetáculo resgata a magia dos circos tradicionais, com a arte do palhaço como destaque. Ésio, que é um dos nomes mais expressivos da linguagem no País, executa, além de números de humor, acrobacia e mágica.

SERVIÇO
Apesar, da Cie Sôlta
Quando: sexta (4) e sábado (5), às 20h, e domingo (6), às 19h
Onde: Teatro Santa Isabel (Praça da República, s/n, Santo Antônio)
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia)
Informações: 3355-3323


Veja também