11
set

Brigitte Bardot, o furacão que passou pelo Brasil em 1964

11 / set
Publicado por José Teles às 11:57

Um furacão passou pelo Brasil, em 1964. Com nome de mulher, como era comum se batizarem furacões até pouco tempo atrás. Chamava-se Brigitte Bardot, e de categoria duas vezes maior do que o Irma, este que ainda tá arrasando o Sul dos EUA. o furacão BB tinha Categoria 10. Pode-se medir o tamanho da ação daquele furacão, vindo da França, pela música popular. Naquele tempo tinha isso, registrar um acontecimento importante com música. e o furacão BB foi fonte de inspiração para gerações de músicos brasileiros.

A primeira música que Brigitte Bardot ganhou foi dividida com Gina Lollobrigida, Bardot e Lolo, de Marília e Henrique Batista, gravada por Mara Silva, em 1959. Uma alfinetada na francesinha, que se atrevia a gravar bossa nova.

Miguel Gustavo (mais conhecido como autor de Pra Frente Brasil, a marchinha ligada à seleção de 70), emplacou muitos sucessos nos anos 50 e 60, um dos maiores foi Brigitte Bardot, lançada por Jorge Veiga, em 1960, uma das músicas mais tocadas no carnaval de 1961. A marchinha ganhou dezenas de regravações, inclusive em espanhol.

O alagoano Luiz Wanderley, que andou trabalhando no rádio por aqui, e gravando na Rozenblit, fez muito sucesso, como cantor e comediante no Sudeste. Ele também cantou Brigitte num impagável boogie oogie, dele e Jose Batista, Brigitte Bardot, faixa do álbum Luiz Wanderley Espetacular (1960).

Tom Zé, em 1973, no álbum Todos os Olhos, constatou que o tempo não perdoava la Bardot, e cantou a francesa, numa canção melancólica, uma parábola sobre o tempo e o artista, a fama, e a beleza.

O tempo porém não tocou na lenda. O mito BB continua muito vivo para Zeca Baleiro, que não era nem nascido quando o furacão BB veio ao Brasil. Baleiro a cantou no álbum Lírica (2000), na faixa Brigitte Bardot.

Pericles Cavalcanti cantou Brigitte (e Lauryn Hill), em duas canções, que acoplou numa só faixa de seu álbum Blues * 55, de 2004.

Confiram crônica sobre Brigitte Bardot no Recife, em minha página no Facebook:

Lembrando a madrugada em que Brigitte Bardot foi vaiada no Recife “Brigitte Bardot descerá no Recife, antes de…

Publicado por José teles em Quinta-feira, 7 de setembro de 2017


Veja também