28
dez

Quatro marcas de azeite reprovadas pela Anvisa

28 / dez
Publicado por Luana Ponsoni às 15:13

 

Marcas tiveram resultados insatisfatórios nos laudos de análise fiscal. Foto: Reprodução

Consumido em boa parte das dietas por suas inúmeras propriedades benéficas, o azeite de oliva teve quatro marcas reprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).  Amostras do Torre de Quintela, Malangueza e Olivenza, rotulados como extra-virgem, obtiveram resultados insatisfatórios em laudos de análise fiscal e estão com venda proibida. Já o Lisboa teve um lote retirado do mercado, por também apresentar problemas.

Apesar de estarem com a classificação extra virgem nos rótulos, o Torre de Quintela, Malangueza e Olivenza apresentaram índices de refração e iodo acima do recomendado, o que descaracteriza os produtos como  puro. Já o lote do Lisboa reprovado apresentou perfil de ácidos graxos, determinação de ácidos graxos monoinsaturados, determinação de ácidos graxos poli-insaturados e pesquisas de matérias estranhas acima das faixas recomendadas.

PROPRIEDADES

O azeite de oliva é rico em ácidos graxos monoinsaturados, principalmente o oleico (ômega-9), que possuem propriedades de reduzir concentrações sanguíneas de LDL (ou “mau” colesterol) e aumentar o HDL (“bom” colesterol). Também é rico em polifenóis, que possuem ação antioxidante, ajudam na prevenção de doenças cardiovasculares, protegem contra alguns tipos de câncer e têm papel importante na produção de compostos que mediam a inflamação no organismo.


Veja também