04
jun

Surfista reclama de atletas da Maratona do Rio: ‘galera porca pra c*’

04 / jun
Publicado por Gabriela Máxima às 17:22

Um dia após a realização da Maratona do Rio de Janeiro, o surfista Pedro Scooby ficou na bronca com os corredores que participaram do evento na capital carioca. Nesta segunda-feira, Scooby deu um passeio na praia do Recreio, local da largada da prova, e observou muito lixo deixado pelos atletas. São tampas de garrafa de plástico e embalagens de carboidrato em gel, o que ele aponta como extremamente poluente.

Antes e depois pra inspirar

Treino para fazer em casa e manter o corpo em movimento

“Galerinha porca para c*. Volta para limpar. Volta aí que a maratona não terminou ainda não. Depois não adianta julgar político, escrever contra corrupção, greve e tudo mais. Você não consegue catar seu próprio lixo. A gente fica achando que o mal do Brasil é o político. Eles são o espelho da nossa sociedade. É isso que acontece no Brasil”, disparou Scooby.

Logo em seguida, o surfista marcou o Instagram oficial da Maratona do Rio e explicou que o tipo de lixo é altamente prejudicial para o meio ambiente. Na região, existe a estrada rodeada por rio e mar. Dessa forma, os animais se tornam vítimas da poluição do homem. “Esse lugar do lixo é na praia da Reserva, um lado é mar e no outro é rio. E o lixo está ali. A galera tem que pensar em uma formato de realizar essa corrida. Porque os micro lixos não são pegos por ninguém. Quando você rasga o sachê de carboidrato ele fica lá. Os garis varrem as garrafas, mas as tampas ficam ali, o que é pior ainda”, destacou.


Veja também