publicidade
12
mar

Curso ensina como operar com Bitcoin e outras moedas virtuais

12 / mar
Publicado por Leonardo Spinelli às 18:00

A compra e venda de Bitcoins e outras criptomoedas é possível no ambiente das diferentes exchanges disponíveis no mercado. Foto: Flickr / BTC Keychain / Bitcoin / CC-BY 2.0

 

Enquanto muita gente ainda desconfia da segurança das criptomoedas, outros procuram rentabilidade e investem em produtos como Bitcoin, a mais conhecida e líquida das moedas virtuais. Além desses perfis,  há um outro grupo que aproveita a nova demanda e cria produtos a partir da novidade. É o caso do Grupo L&S, especializado em consultoria e educação financeira, que lançou o curso online Operando Bitcoins, um novo mercado em que o investidor pode operar day trade e até mesmo realizar arbitragem de preços, como no mercado de Bolsa.

“A gente tem visto que muitas pessoas entram em Bitcoin sem o conhecimento adequado, nem do que é a Bitcoin e nem sobre as ferramentas de avaliação para saber o tempo certo de comprar e de vender”, diz o presidente do Grupo L&S, Alexandre Wolwacs.

No primeiro módulo do curso que será transmitido ao vivo pelo You Tube nos dias 4 e 5 de abril, o interessado vai conhecer a história e o que é, na realidade, as criptomoedas e a sua filosofia. Após a familiarização com o produto, será a hora de entrar em contato com as ferramentas de análise técnica, os movimentos de mercado e a conscientização para saber quando o produto está barato para comprar ou ideal para vender.

“Um conceito que as pessoas precisam entender é que os ativos de mercado trabalham com tendências de ideias, de alta ou de baixa. Mesmo nas tendências fortes, teremos correção e dias de correção de forma a dar fôlego ao mercado”, comenta Wolwacz, lembrando da recente queda nos preços da Bitcoin, após meses de forte valorização. Em dezembro a moeda operava perto dos US$ 20 mil e hoje sua cotação está na casa próxima dos US$ 9 mil. Nos últimos 7 dias a Bitcoin caiu mais de 20% e em fevereio chegou a cair 18% em apenas 24 horas.  “Num braço de mais longo prazo, a tendência desse ativo é de lateralização, hoje na casa dos US$ 9,7 mil. Se romper a casa dos US$ 11 mil, a tendência será de alta, podendo chegar aos US$ 20 mil onde já estivemos antes da queda. Haverá tendência de baixa se o valor passar para baixo da atual barreira dos US$ 8 mil”, comentou.

A compra e venda de Bitcoins e outras criptomoedas é possível no ambiente das diferentes exchanges disponíveis no mercado. As mais conhecidas no Brasil são a Mercado Bitcoin, FoxBit e Bitcointoyou. Mas os negócios não ficam restritos à compra e venda, já que cada uma dessas casas trabalha com um valor para o produto. Com isso, também é possível arbitrar os valores, comprando mais barato numa casa e vendendo na outra mais valorizada.

“Podemos observar diferentes preços no mercado internacional e até mesmo no Brasil. Os US$ 11 mil que eu mencionei é um balizador internacional, com o dólar a R$ 3,40 podemos chegar a um valor de R$ 37 mil. Dessa forma, o investidor pode trabalhar para obter ganhos”, diz Wolwacz.

O operador reconhece que há um risco embutido na operação da Bitcoin e outros produtos, como o Ethereum, dois produtos dos inúmeros disponíveis que não estão sujeitos ao mesmo comportamento de preços. O Ethereum, por exemplo, é visto como um produto com bastante potencial de ganhos e é a segunda moeda virtual mais operada.

Para Wolwacs, no entanto, as moedas virtuais chegaram para ficar. “À medida que vários países assumem a bitcoin como moeda negociável, onde você pode comprar em estabelecimentos, ela vai se impondo. A Alemanha está para aprovar a compra em lojas de varejo. O Japão já fez isso e, assim, a moeda vai ganhando confiabilidade e a fase da desconfiança começa a ser superada. Vai demorar para a gente conseguir pagar a escola do filho com Bitcoin, mas isso deve mudar”, salientou.

O curso Operando Bitcoins do Grupo L&S acontece nos dias 4 e 5 de abril, das 19h30 às 22h,  e o investimento é de R$ 390. Confira abaixo uma transmissão da L&S sobre o tema no You Tube no canal Criptoradar:

 

 


Veja também