06
dez

Enquanto isso… no Havaí 

06 / dez
Publicado por Alexandre Gondim às 16:42

Jadson Andre durante o Vans World Cup of Surfing em Sunset Beach, Oahu. Foto: @WSL / Tony Heff .

Quem surfa sonha com o Havaí. Lá é nossa Meca, nossos templos estão lá, nossos ídolos são forjados lá, nossa consciência do que é onda é feita lá. Mesmo que um surfista passe sua vida inteira sem pisar em solo havaiano, ele saberá descrever com riqueza de detalhes os 7 quilômetros da costa de Oahu, a ilha dos sonhos.

É em Oahu que todos os anos são “coroados” o campeão da tríplice coroa havaiana e do circuito mundial profissional da WSL, as duas maiores honrarias do universo do surfe, digo isso com todo respeito a Bell’s na Austrália.

Jeremy Flores da France, defende o título de Pipemaster. Foto: @WSL/ Arquivo Blog do Surfe

Hoje, 6/12, estão no mar em Sanset Beach os competidores da segunda etapa da triplice coroa de 2018, e os integrantes da elite estão na espera da última e consagrada etapa do circuito da wsl , o Pipemaster, disputado em Pipeline, com data marcada da abertura da janela de espera pelas boas ondas no próximo di 8/12.

Temos três surfistas com chances do título de campeão mundal no “CT“. Dois deles são os paulistas Gabriel Medina e Felipe Toledo, tendo entre eles o australiano Julian Wilson. Aposto “todas as minhas fichas” em Medina, por sua tranquilidade, já provada, em situações extremas e também por estar em crescimento de performances nos últimos dois eventos do Tour. Além de ter todas as probabilidades de resultados lhe favorecendo.

Gabriel Medina é o numero 1 do ranking. Foto: @WSL/Arquivo Blog do Surfe

Para Medina ser bicampeão mundial ele precisará:

1. Ir para a final, sem depender de nenhum resultado .
2. ficar em terceiro, para fazer com que seus rivais precisem ganhar o Pipemaster.
3. ficando em quinto , ou pior, Felipe e Julian precisam chegar a final.
Portanto as chances existem para os três melhores colocados e grandes emoções estão por vir. Acompanhe…

Veja imagens da final do Pipemaster 2017 entre John John Florence e Jeremy Flores:

Leia mais:

Tríplice Coroa surgiu para impor a supremacia das ondas havaianas

 

 


Veja também