18
jan

Surfguru desembarca no Porto Digital

18 / jan
Publicado por Alexandre Gondim às 15:17

Gustavo Roque, Alberto Chalaça e Gabriel Gomes surfistas tecnológicos do Surfguru. Foto: Divulgação

A época era de ir à beira mar, olhar o horizonte, as ondulações, o vento e a maré para saber se havia ondas boas para o surfe. O conhecimento era empírico, adquirido pela observação e passado de antigos para iniciantes oralmente.

De tanto observar o mundo ao seu redor e as evoluções tecnológicas que aceleravam sua mente fértil, Gabriel Gomes e alguns amigos surfistas começaram a juntar informações sobre vento, ondas e marés em busca de ondas perfeitas.

Swell Fax, o começo de tudo.

 

A página atual

Primeiro com cópias xerox de um Informativo em papel ofício chamado de Swell Fax que era vendido e distribuído, semanalmente, em casa . Sobre este período, o campeão Fábio Gouveia lembra: “Eles são pioneiros, eu recebia o Swell Fax desde 1997. Pagava 10 reais mensais por quatro previsões por semana. Todo segunda-feira era colocado em baixo da minha porta, no meu prédio em Candeias (bairro localizado na região metropolitana do Recife). Já naquela época ajudava muito, era demais! Principalmente quando o surfe era em Fernando de Noronha, eu não ficava a temporada toda na ilha, fazia vários bate-e-voltas com ajuda deles. A previsão era sempre acertada. Sempre uso eles para as previsões no Nordeste e acompanho as noticias de swells quando eles avisam ou depois que o swell passa, vejo a máxima deles: O Surfguru avisou! Fico amarradão em ver onde eles chegaram, seções memoráveis de surfe foi por causa deles.”

Além de Fabinho (Foto) outros surfistas famosos como Carlos Burle, Marcos Monteiro, Bernardo Pigmeu utilizam as previsões. Foto: Divulgação

Juntos, os amigos e surfistas Gabriel Gomes, Gustavo Roque e Alberto Chalaça estudaram, evoluíram e criaram o site Surfguru, um aplicativo completo cruzando informações de vários centros de pesquisas meteorológicas e marinhas que estão acessíveis graças a internet.

Hoje com Pernambuco despontando como grande formador de pesquisadores e fomentador tecnológico com a instalação do Porto Digital em Recife, o Surfguru migrou para uma das três incubadoras do Complexo tecnológico.

O Surfguru agora é chamado de Startup *, que junto a outras 15, tem suporte para crescer e entrar no mercado e aprendem como atingir mais usuários.

“Já são 1 milhão e 400 mil acessos por mês graças as informações precisas para “picos” de todo mundo com até 15 dias de antecedência”, comemora Guga Roque. Tempo suficiente para organizar uma trip atrás de qualquer condição perfeita. E completa: “O nosso público é bem maior do que imaginávamos. Estamos falamos para 100 países.”

Foto Guga Roque comprovando suas previsões no começo deste ano na Cacimba do Padre (FN). Foto: Marcelo Freire/ Divulgação

“Atingimos kitesurfistas, surfistas, mergulhadores e praticantes de atividades marítimas em geral com previsões dos melhores locais para o surfe da Austrália, Tahiti, Africa do Sul e Havai”- Explica Beto Chalaça.

Beto sendo fotografado pelo mestre Clemente Coutinho, expoente máximo da fotografia dentro dagua de Pernambuco.

O Campeão Mundial de Ondas Gigantes Carlos Burle conta: “A minha relação com o Surfguru é muito boa, conheço há muitos anos, são pessoas dedicadas, que vem do meio e se especializaram. Adoro a ferramenta que é muito fácil de navegar e completa, tem todas as informações, além da temperatura em praticamente todos os picos do mundo. Eu sempre estou usando para meus projetos de uma “surf trip” ou mesmo ver as previsões na frente da minha casa no Rio de Janeiro.

Carlinhos Burle no Tahiti, área de cobertura do Surfguru. Fot|: Divulgação

Para saber mais:

* Startup é uma empresa emergente que tem como objetivo desenvolver um modelo de negócio escalável, repetível, em condições de extrema incerteza, ao redor de um produto, serviço, processo ou plataforma. O modelo de negócios é a maneira como a empresa emergente gera valor. Uma startup geralmente é uma empresa recém-criada, normalmente de base tecnológica, ainda em fase de desenvolvimento e pesquisa de mercados. O termo tornou-se popular internacionalmente durante a bolha da internet, quando um grande número de “empresas.com” foram fundadas

Gabriel em Serrambi, sendo fotografado por Everaldo Pato, celebre surfista de ondas gigantes     


Veja também