29
jan

“Brazilian Storms” em Noronha

29 / jan
Publicado por Alexandre Gondim às 15:08

Foto: Alexandre Gondim/Blog do Surfe

A “constelação”do surfe mundial já aparece na lista dos competidores do O Hang Loose Pro Contest 2019.

O atual bicampeão mundial, Gabriel Medina, deve ser uma das grandes estrelas na competição, apesar de ainda não aparecer na listagem oficial. Seu pai e treinador, Charles Saldanha, falou da vontade dele competir em Noronha, durante a coletiva de imprensa do recente título de bicampeão mundial.

Gabriel Medinaa. Foto: WSL

Também estão inscritos o espanhol Aritz Aranburu, campeão em 2007, e os brasileiros Alejo Muniz e Miguel Pupo, vitoriosos nas duas últimas edições realizadas na ilha, em 2011 e 2012.

A etapa do arquipélago de Fernando de Noronha do Circuito Mundial da World Surf League (WSL), com status QS 6000, será disputada de 19 a 24 de fevereiro nas ondas da Cacimba do Padre.

Alejo Muniz .Foto: Kirstin Scholtz /WSL

Além deles, estará Deivid Silva, um dos estreantes no Circuito Mundial, neste ano, e vencedor do Hang Loose 2017, na Praia de Maresias, em São Sebastião(SP).
Outros que “correm” a elite mundial também já se inscreveram inscrições. São eles, o francês Joan Duru e os brasileiros Jadson André que esta de volta ao CT, Peterson Crisanto,outro estreante na primeira divisão do surfe, Yago Dora e Jessé Mendes.

Os “Brazilians Storms ” ainda contará com atletas que já integraram a Elite e buscam suas reclassificações, nesta lista esta o pernambucano Ian Gouveia, Wiggolly Dantas, Tomas Hermes e Alex Ribeiro. Na mesma condição está o português Frederico Morais. Quem também já disputou a elite e vai competir representando Pernambuco , sendo um especialista nos tubos da Cacimba é o “free-surf” Paulo Moura.

Wesley Santos. Foto: Smoringo/Red Noose

Na relação dos atletas que já solicitaram vagas à WSL, estão dois campeões mundiais pro júnior, o brasileiro Lucas Silveira (2016) e o português Vasco Ribeiro (2014), e o atual campeão sul-americano da Liga, Wesley Santos.

Não são só os surfistas que disputam o Circuito Mundial que comemoram o retorno do Hang Loose Pro Contest para Fernando de Noronha. Sete anos depois da ultima edição, promete movimentar o comércio local, uma semana antes do Carnaval, elevando o nível de ocupação nas pousadas no período.

Alfio Lagnado o proprietário da Hang Loose transformou seu sonho em realidade. Foto: Aleko Stergiou

Para o presidente da Associação de Hospedarias Domiciliares de Fernando de Noronha (AHDFN), Ivan Costa, a realização da competição é positiva, tanto pela parte econômica, quanto institucional, por atrair um público que vai difundir as belezas locais.“A visibilidade vai atrair um público estrangeiro, algo que a gente batalha muito, com ações de divulgação. E nada melhor do que o turista vir aqui conhecer pessoalmente e divulgar esse destino nas redes sociais”.

Na Ilha existem várias pousadas para atender desde os competidores as que estão inscritos no Campeonato e terão condições especiais nas hospedagens até “free-surfers”, jornalistas, fotógrafos que são atraídos pelo grande espetáculo que um evento deste porte proporciona, como a Pousada da Jô que sediará o “QG” do Blog do Surfe.

Fabio Gouveia “garoto propaganda” da Hang Loose atravessando gerações. Foto: Aleko Stargiou/ WSL

Esta será a 32ª edição do Hang Loose Pro Contest, que começou a ser disputado em 1986 e teve 13 disputas nas tubulares ondas da Cacimba, de 2000 a 2012. Neste ano, a etapa terá US$ 130 mil de premiação, com US$ 25 mil ao vencedor, além dos importantes 6 mil pontos no ranking logo no início da temporada.

Estarei mandando informações direto da Ilha durante a janela de realização da prova, contando com informações luxuosas da Comuicação do evento com João Carvalho da WSL South America e Fábio Maradei pela Hang Loose .

Foto: Alexandre Gondim/ Blog do Surfe

Querem informações sobre o Hang Loose ? Então fiquem ligados no Blog do Surfe…


Veja também