Prefeitura do Recife promete explicar conceito da decoração de Natal. Só o projeto de iluminação custou R$ 1,1 milhão

jamildo
Cadastrado por
jamildo
Publicado em 06/12/2006 às 11:09
Foto: Marcos Michael/Acervo JC Imagem
Foto: Marcos Michael/Acervo JC Imagem
Leitura:

Diante da repercussão negativa que a decoração de Natal deste ano vem recebendo, a Prefeitura da Cidade do Recife prometeu, agora há pouco, ao Blog do JC, enviar material para explicar um pouco o conceito de decoração de Natal que a Prefeitura tem.

Segundo os dados da PCR, o custo de investimento feito pela PCR soma R$ 1.187.000,00, incluindo o projeto, a mão-de-obra, confecção e compra de material. Isto aqui é relativo aquelas fitinhas do José Pimentel, mas ainda não ficou muito claro (ou seria bem iluminado?) como se chega a esses valores.

Foto: Alexandre Belém/Acervo JC Imagem - Foto: Alexandre Belém/Acervo JC Imagem
Foto: Marcos Michael/JC Imagem - Foto: Marcos Michael/JC Imagem

Ontem à noite, o Blog do JC revelou que os gastos totais somam R$ 3,8 milhões. Hoje, a assessoria da PCR esclareceu que esses valores envolvem não apenas o projeto de iluminação do Natal, mas também do Ano Novo, mas sem dar maiores detalhes até aqui.

Voltaremos ao assunto ainda hoje.

Em coletiva de imprensa oficial, realizada no dia 29.11.06, a PCR informou o seguinte:

A Prefeitura do Recife ilumina a cidade para receber o Natal e Ano Novo com um projeto assinado pelo ator e diretor de teatro José Pimentel. As luzes estarão distribu?das ao longo de quatro avenidas (Agamenon Magalhães, Boa Viagem, Rio Branco e Marquês de Olinda); seis pontes (Duarte Coelho, Princesa Isabel, Buarque de Macedo, Maur?cio de Nassau, Boa Vista e Cabanga), Rua do Bom Jesus; Praças do Marco Zero, Arsenal da Marinha e da Independência; Cais da Alfândega, José Estelita e da Aurora, S?tio da Trindade, Pátio de São Pedro, Morro da Conceição; faces norte e sul do prédio da Prefeitura do Recife, Teatro de Santa Isabel, Parque das Esculturas, e edif?cios do Centro Cultural Banco Real, Associação Comercial e Bolsa de Valores (todos localizados no Marco Zero).

Para os vários locais estão sendo criados corredores de luz. As árvores serão iluminadas por refletores de 1000 watts, nas cores vermelha e azul, em degradée. O projeto prevê, ainda, a instalação de uma árvore de Natal flutuante, de 30m de altura, montada sobre uma balsa, no Rio Capibaribe (altura do Cine São Luiz, Cais da Aurora). Ela é feita em estrutura metálica e contém luzes coloridas programadas seqüencialmente. No topo haverá uma estrela de 2m de diâmetro.

Um dos principais elementos do pastoril, o pandeiro, com 1,5m de diâmetro, forrado com tecido espelhado e fitas vermelhas e azuis ao redor, estará disposto em vários logradouros, presos a postes. A maior quantidade de pandeiros estará na avenida Agamenon Magalhães: são 24, numa extensão de cerca de 1,5 km, nos dois lados. Na Avenida Boa Viagem serão 48 numa extensão de 4km. Os corredores de luz dessas duas avenidas serão os mais extensos. As árvores recebem ainda pingentes de fitas metálicas, que refletirão a luz.

Últimas notícias