Levantamento do PSB mostra Marina vencendo Dilma em Pernambuco

Blog de Jamildo
Cadastrado por
Blog de Jamildo
Publicado em 26/08/2014 às 14:34
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil
Leitura:

Levantamento do PSB mostra vitória tranquila de Marina sobre Dilma em Pernambuco. Foto: Agência Brasil

Por Paulo Veras, repórter do Blog

O PSB de Pernambuco está comemorando o resultado de uma pesquisa para consumo interno que mostra a ex-senadora Marina Silva (PSB/Rede) com uma votação muito superior a obtida pela presidente Dilma Rousseff (PT) no Estado. Os números também mostram um crescimento significativo do ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara (PSB), que já superaria o senador Armando Monteiro Neto (PTB) em quase todas as regiões.

Segundo contou ao Blog de Jamildo uma fonte do PSB, Marina apresentou um desempenho excelente; superior inclusive ao que tinha o ex-governador Eduardo Campos (PSB), falecido no último dia 13. A ex-senadora conseguiu manter a votação do pernambucano e ainda ampliar consideravelmente.

LEIA TAMBÉM:

>> PT foca em críticas contra Marina para defender legado de Dilma

>> No Recife, Humberto Costa chama Marina Silva de autoritária

Os números não podem ser divulgados porque a pesquisa não é registrada junto à Justiça Eleitoral. Os dados também mostram o senador mineiro Aécio Neves (PSDB) com uma votação muito pequena no Estado.

Nessa segunda-feira (25), durante a inauguração do comitê de Dilma no Recife, os petistas dispararam contra Marina para defender o legado da presidente. Frente aos números, as declarações são vistas como uma reação ao crescimento da ex-senadora.

"Sendo o ex-governador Eduardo Campos, um pernambucano, nós teríamos a votação dividida, porém, nós vamos é com uma mulher que nunca colocou em Pernambuco nem uma pá de tijolo, nem uma pá de cimento. Ela nada fez por Pernambuco e pelo Brasil apesar de ter sido ministra de Lula durante quase oito anos", disse o senador Humberto Costa (PT), que coordena a campanha de Dilma em Pernambuco.

Dias antes, Humberto já havia subido o tom contra a ex-senadora. "Os nossos adversários vêm agora com essa conversa mole de que Marina é o nome para mudar, é o nome para transformar. Eu conheço. Ali representa o autoritarismo. Ali representa uma visão atrasada. Ali representa uma visão que não quer progresso, nem desenvolvimento", atacou.

Foto: Rodrigo Lobo/PSB Foto: Rodrigo Lobo/PSB

GOVERNADOR - Os números internos também mostram um cenário animador para Paulo Câmara, que teria conseguido ultrapassar Armando Monteiro em quase todas as regiões do Estado.

Segundo o levantamento, o local onde há mais resistência é no Agreste. Mesmo lá, Câmara e Armando já apareceriam empatados.

O desempenho não é exatamente uma surpresa para o PSB, mas chegou antes do previsto. A cúpula da campanha esperava que o ex-secretário apresentasse essa vantagem mais próximo do primeiro turno; entre os dias 15 e 20 de setembro.

A avaliação interna é que a tragédia que vitimou Eduardo Campos no dia 13 de mês antecipou a associação entre Paulo e o ex-governador, além de ter criado um sentimento de comoção que pode se converter em votos.

O PSB tem feito levantamentos diários para medir o cenário eleitoral. Os números aumentam a expectativa sobre a pesquisa do Ibope a ser divulgada nesta terça (26) e sobre o levantamento do Instituto Maurício de Nassau, que o Jornal do Commercio lança no domingo (31).

Últimas notícias