Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Não dependemos só de recursos federais, garante Paulo Câmara na JC News

Blog de Jamildo
Blog de Jamildo
Publicado em 01/09/2014 às 16:53
Foto: BlogImagem
Foto: BlogImagem
Leitura:

Foto: BlogImagem

Sabatinado na tarde desta segunda-feira (1º) pela Rádio JC News, o ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara (PSB) rebateu o principal mote da campanha do seu adversário na corrida pelo Governo de Pernambuco, Armando Monteiro Neto (PTB). de que a parceria com o governo federal foi o que fez com que o Estado avançasse durante a gestão do ex-governador Eduardo Campos (PSB).

"Não dependemos única e exclusivamente de recursos federais", afirmou Paulo Câmara, que afirmou que a fonte responde por apenas 23% dos investimentos pernambucanos. O candidato socialista também afirmou que vai manter a capacidade de investimento de Pernambuco arrecadando melhor, apresentando bons projetos para o Planalto e mantendo a política de captação de dinheiro através de empréstimos.

Paulo Câmara também disse que é preciso cobrar a responsabilidade do governo federal na realização de obras prometidas no Estado e criticou o atraso no Arco Metropolitano. "Pegar a paternidade de um projeto que era nosso", questionou.

Ele também garantiu que manterá a proximidade com o próximo presidente citando a eleição da ex-senadora Marina Silva (PSB), que já empata nas pesquisas com a presidente Dilma Rousseff (PT). "A presidente Marina Silva tem compromisso com Pernambuco", garantiu.

Durante todo o debate, Paulo Câmara fez questão de se apresentar como o herdeiro político de Eduardo Campos e como alguém preparado, que tem conhecimento da máquina pública estadual. O socialista foi secretário de Administração, Turismo e Fazenda.

"Estou no governo desde o primeiro dia", afirmou o candidato, que se declarou como um representante da "nova política".

Por duas vezes, Câmara falou no aumento de aporte de recursos do Estado para o sistema de transporte público do Grande Recife e para ajudar na criação de escolas públicas integrais nos municípios.

Apesar disso, Câmara se mostrou confiante. "A gente sabe onde buscar recursos", voltou a responder, ao ser questionado sobre a promessa de dobrar o salário dos professores ao longo do mandato.

Últimas notícias