Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Na casa de Renata Campos, Aécio Neves grava para o guia eleitoral

Blog de Jamildo
Blog de Jamildo
Publicado em 11/10/2014 às 15:48
Aécio Neves ao lado de Renata Campos no Recife. Foto: BlogImagem
Aécio Neves ao lado de Renata Campos no Recife. Foto: BlogImagem
Leitura:

Foto: Paulo Veras/BlogImagem

ATUALIZADA ÀS 16h30.

Depois de realizar um comício no Recife na manhã deste sábado (11), o candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB) seguiu para um almoço na casa de Renata Campos, viúva do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morto no último dia 13 de agosto, quando concorria ao Palácio do Planalto. A equipe de campanha de Aécio realizou filmagens na casa que serão utilizadas nos próximos guias eleitorais do tucano.

Não foram gravados depoimentos de Renata ou dos filhos. Mais cedo, Aécio já havia recebido o apoio de Renata através de uma carta lida por um dos filhos de Eduardo, João Campos, que é tido como o mais provável herdeiro político da família.

Lideranças locais do PSB e do PSDB também participaram do almoço na casa de Renata Campos. Na mesma mesa de Renata e Aécio almoçaram João Campos; Gabriela Neves: o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB); o governador eleito de Pernambuco Paulo Câmara (PSB); o senador eleito Fernando Bezerra Coelho (PSB); e a futura primeira-dama do Estado Ana Luiza Câmara.

Em um dado momento, Maria Eduarda Campos, se juntou ao grupo, levando no colo o irmão mais novo, Miguel, de apenas dez meses. O tucano chegou a pegá-lo no colo. Em outro momento de intimidade, mostrou fotos dos próprios filhos bebês a Cristina Melo, primeira-dama do Recife.

Aécio almoçou na casa da família campos junto com lideranças locais do PSB e do PSDB. Foto: Paulo Veras/BlogImagem. Aécio atende telefonema a pedido de Beto Albuquerque. Candidato não disse se era Marina Silva. Foto: Paulo Veras/BlogImagem.

Na saída da casa, Aécio disse estar feliz. Ele alegou que o almoço não foi político. Foi apenas uma visita, porque o ato político teria ocorrido mais cedo. Mesmo assim, o senador parece ter tratado de política na casa.

Vice da ex-senadora Marina Silva (PSB) na corrida presidencial, o deputado federal Beto Albuquerque recebeu um telefonema durante o almoço e, depois, repassou o aparelho telefônico para o tucano, que ficou um tempo conversando com o interlocutor antes de devolver o celular para Albuquerque.

Questionado na saída da casa se a ligação seria de Marina, Aécio tergiversou e fugiu do assunto.

Leia também:

>> No Recife, família e aliados de Eduardo Campos pedem voto para Aécio Neves

>> Filho de Eduardo lê carta de Renata Campos em apoio a Aécio

>> No Recife, Aécio acena para Marina com apresentação de propostas

O primeiro compromisso de Aécio foi um encontro com membros de movimentos sociais. Em seguida, o candidato à Presidência seguiu para outro ato no Clube Internacional do Recife, onde recebeu o apoio de Renata Campos através de uma carta lida por João Campos.

Ainda pela manhã, Aécio apresentou um documento que continha propostas próximas ao programa de governo que a ex-candidata à Presidência Marina Silva (PSB/Rede) divulgou no final de agosto. A atitude de Aécio representa uma tentativa de acenar para a ambientalista, que ainda não anunciou oficialmente seu apoio à candidatura do tucano.

Depois da visita à Renata Campos, Aécio segue para Sirinhaém, onde realiza uma caminhada seguida de comício.

Últimas notícias