Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Dilma diz que tucanos vestiram "pelezinha de cordeiro"

Blog de Jamildo
Blog de Jamildo
Publicado em 21/10/2014 às 21:16
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Em Goiana, Dilma Rousseff critica Aécio, mas farpas mais pesadas partem de Lula. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Na reta final da campanha presidencial, a estratégia do PT é não ampliar a rejeição da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT). Atentos a isso, durante o comício do PT em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, coube a Lula o papel mais agressivo de 'bater' em Aécio Neves. A presidente também não poupou o adversário, mas as críticas estavam mais voltadas para o campo político.

Pelas últimas pesquisas do Datafolha, Aécio tem uma rejeição de aproximadamente 38% dos eleitores e Dilma Rousseff (PT), 42%. No Ibope, os dois candidatos aparecem empatados quando perguntado aos eleitores em qual candidato eles "não votariam de jeito nenhum". Aécio e Dilma estão com 35%.

Segundo Dilma, o projeto anterior ao do PT não representava as classes mais baixas, tampouco olhava para o Nordeste. A estratégia da campanha é atribuir a Aécio o perfil de elitista, ou "filhinho de papai", como criticou o ex-presidente Lula em debate no Recife.

Foto: PT Dilma em comício na cidade de Goiana. Foto: PT

"São dois projetos que ficam um diante do outro. Um projeto que nós conhecemos foi feito para o centro do Brasil. Era um projeto que não olhava para o povo desse país, olhava só para os mais ricos", diz Dilma, criticando o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e traçando paralelos entre as gestões do PT e do PSDB.

LEIA MAIS:

>> Em comício em Goiana, Lula ataca FHC e falta de água em São Paulo

>> Em Goiana, Dilma diz que Arco Metropolitano aguarda liberação ambiental estadual

>> Dilma garante que não fará retaliação à gestão de Paulo Câmara

>> Em Pernambuco, Dilma faz defesa dos bancos públicos contra auditorias

>> Em Goiana, rua que dá acesso ao palanque de Lula e Dilma tem vários cavaletes de Aécio

>> No Sertão de Pernambuco, Dilma critica falta de água em São Paulo

"Hoje, eles vestiram uma 'pelezinha' de cordeiro. Uma 'pelezinha' que esconde  todas as suas intenções. Eles têm um olhar preconceituoso com Brasil. Olham pros mais pobres e não veem nele cidadãos brasileiros. Olham para o Nordeste, olham para a periferia e não veem a força desse povo. A imensa força desse povo, que é a maior riqueza do país", afirmou Dilma, durante o ato político em Goiana.

BUSCA PELO VOTO - No primeiro turno das eleições, Pernambuco foi o único estado do Nordeste onde Dilma não venceu. O primeiro lugar ficou com a ex-senadora Marina Silva (PSB), com 48,05% dos votos, apoiada pela família e aliados do ex-governador Eduardo Campos. Campos morreu em agosto, em um acidente aéreo ocorrido na cidade de Santos, no litoral paulista.

Dilma teve a segunda melhor votação no Estado, com 44,22%. Aécio Neves ficou com apenas 5,92% da preferência dos pernambucanos. No segundo turno, porém, o tucano conseguiu o apoio do PSB, de Marina, e da família Campos, o que deve aumentar a sua votação no Estado.

VAIAS - O ato político em Goiana começou com um momento constrangedor. O prefeito de Goiana, Fred Gadêlha (PTB), foi recebido sob as vaias dos presentes. Os moradores do município, que tinham ido acompanhar a visita do ex-presidente Lula e da presidente Dilma, se mostraram insatisfeitos com a gestão municipal. O prefeito ignorou as críticas e seguiu o discurso de elogios aos petistas.

Últimas notícias