Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

No Recife, Lula chama Aécio de candidato dos banqueiros e filhinho de papai

jamildo
jamildo
Publicado em 21/10/2014 às 19:32
Leitura:

O ex-presidente Lula acaba de falar no ato no centro do Recife em favor da campanha de Dilma.

Mais uma vez, começou atacando o ex-presidente FHC, como fez em Goiana, mais cedo.

Depois, mirou o candidato Aécio Neves. Ele disse que o mineiro era o candidato dos banqueiros enquanto Dilma seria candidata dos brasileiros.

Em dado momento, Lula reconheceu que não havia inventado o Brasil, nem Pernambuco, e que havia muita coisa a fazer.

Sobre um trio elétrico, ao microfone, Lula acusou Aécio Neves de não ter aprendido com a mãe ou com a avô ser educado e respeitados com os outros. Antes, havia perguntado onde estava Aécio Neves enquanto Dilma era torturada, em Minas Gerais.

O que mais parece ter chateado o ex-presidente foi a fala do tucano nos debates. “Querem acabar com o PT. Querem acabar com a presidente. Chamar ela de leviana ... só podia ser um filhinho de papai”, bradou, depois de usar uma imagem bíblica.

“Os nordestinos sofrem preconceito e ofensas, como os nazistas agrediam. Eles são intolerantes. São mais intolerantes que Herodes, que mandou matar as crianças para que Jesus não nascesse”, comparou.

Lula ainda pediu a Dilma que fosse doce como o povo brasileiro e pediu aos pernambucanos que não votassem nos tucanos. “Seria bom que ele não tivesse votos aqui. Ele nunca lembrou do Nordeste, nunca esteve aqui, ele não sabe o que é o sertão, não sabe o que é trabalhar de sol a sol”, acusou.

Últimas notícias