Em nota oficial, PT do Recife diz que Marília Arraes é bem vinda, mas candidatura a prefeita é especulação

jamildo
Cadastrado por
jamildo
Publicado em 09/11/2015 às 10:06
Foto: reprodução do Facebook
Foto: reprodução do Facebook
Leitura:

O PT do Recife envia ao blog nota oficial aprovada em reunião da Direção Municipal do PT no Recife, realizada neste fim de semana. O documento torna públicas algumas decisões tomadas pelos dirigentes e também o posicionamento atual do Partido sobre notícia recentemente veiculada na mídia local que levantou a hipótese da candidatura pelo PT da vereadora Marília Arraes à Prefeitura do Recife.

NOTA DA DIREÇÃO MUNICIPAL DO PT RECIFE

A Direção Municipal do PT Recife, reunida no último final de semana, na sede do SINDPD-PE, teve como pautas para o debate: a conjuntura política; uma agenda de plenárias nas zonas eleitorais; o planejamento estratégico para 2016; e a homologação do Grupo de Tática Eleitoral (GTE).

Foi deliberado pela aprovação do planejamento estratégico para o próximo período, que tem com foco central a construção de um projeto político, a organização interna e de sua base social e militante. Foi homologado o grupo de tática eleitoral (GTE), que é composto por membros da executiva municipal, líder da bancada de vereadores e liderança partidárias. Este grupo tem a função de construir e executar a tática eleitoral a ser elaborada para o próximo período.

Sobre matéria veiculada pela imprensa local, que especula sobre uma eventual candidatura pelo PT da vereadora Marília Arraes, o partido esclarece que:

- O partido e sua militância desejam a construção de uma candidatura própria no Recife. Com relação a definição da candidatura majoritária, competência do Diretório Municipal, o partido decidirá ao seu tempo, sempre buscando o melhor para apresentar aos eleitores do Recife, em sintonia com um projeto que já governou a cidade por 12 anos. A executiva vem reunindo todo o partido para debater sobre o tema, seguindo um rito processual que busca a unidade partidária em consonância com suas instâncias Estadual e Nacional. Portanto, o que foi noticiado não passa de mera especulação. O PT não tem plano A, e muito menos plano B.

- A possível filiação da vereadora é bem vista pelo partido e que a partir da solicitação formal de sua filiação, esta seguirá o rito comum a detentores de mandato eletivo municipal.

O PT do Recife entende que o momento agora não é de debater nomes para a disputa eleitoral, a hora é de estar ao lado da sociedade recifense na defesa de seus direitos e na cobrança pelo cumprimento das promessas feitas pela atual gestão municipal.

Por fim, também no final de semana, foi realizada mais uma plenária com a militância na 3° zona eleitoral, no bairro de Areias.

Direção Municipal do PT Recife

9 de novembro de 2015

Últimas notícias