Marília Arraes presta queixa contra ofensa nas redes sociais

jamildo
Cadastrado por
jamildo
Publicado em 23/02/2016 às 17:50
Leitura:

Foto: Reprodução da internet Foto: Reprodução da internet

A vereadora Marília Arraes (PSB) ficou indignada com uma publicação no Facebook em que um usuário a xingou com palavra de baixo calão, além de chamá-la de "ovelha negra".

Na tarde desta terça-feira (23), a parlamentar municipal prestou queixa contra o ocorrido na Delegacia de Polícia e Repressão ao Crime Cibernético. "Civilmente a gente vai requerer as indenizações cabíveis tanto à pessoa que fez a postagem quanto aos demais apoiadores", alegou a vereadora.

LEIA TAMBÉM:

Em entrevista, Marília Arraes acusa PSB de querer “ressuscitar” Eduardo Campos

> Marília Arraes se manifesta sobre primo João Campos e diz que Pernambuco agora tem sua “própria Família Real”

Em balanço, Marília Arraes chama nova política de trupe falsária

Marília apresentou à polícia a reprodução da publicação reconhecida em cartório. "Acho que é assim que a gente tem que agir diante da intolerância e da falta de educação e respeito que se tornam caso de polícia", disse.

"Discordar atingindo a honra e a integridade moral de outra pessoa é inadmissível e acredito que não só eu, mas qualquer pessoa pública tem que agir dessa maneira", acrescentou.

A matéria, compartilhada por Gilberto Prado, tratava da manifestação da vereadora sobre o primo João Campos. "Já não te basta ser ´ovelha negra' de uma família honrada?", questionou o usuário na rede social.

Reprodução da publicação reconhecida em cartório. Foto: Divulgação Reprodução da publicação reconhecida em cartório. Foto: Divulgação

Últimas notícias