Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Humberto Costa: 'Vamos fazer uma guerra total até o dia da votação do impeachment´

jamildo
jamildo
Publicado em 18/03/2016 às 21:20
Leitura:

Foto: Bobby Fabisak / JC Imagem Foto: Bobby Fabisak / JC Imagem

Por Anna Tiago, repórter do Blog

O líder do Governo no Senado, Humberto Costa, não economizou nas críticas à justiça e ao processo de impeachment em seu discurso no ato a favor do governo Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, nesta sexta-feira (18). A mobilização, organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), Federação dos Trabalhadores de Agricultura de Pernambuco (Fetape) e pela Frente Brasil Popular de Pernambuco, reuniu cerca de 15 mil pessoas, segundo dados da Polícia Militar.

Para o senador, o PT e seus aliados vão fazer o possível para não permitir a derrubada do governo Dilma. "Não vamos aceitar. Vamos fazer uma guerra total até o dia da votação do impeachment. É uma questão que não é do PT ou do Psol, é da sociedade brasileira", bradou.

Nas palavras dirigidas à multidão vestida de vermelho, a justiça também foi alvo de indignação. "Nós queremos uma justiça que, de fato, seja cega, não essa justiça seletiva está aí, que deixa Eduardo Cunha presidente da Câmara fazendo o que quer e quer prender Lula", ressaltou.

https://youtu.be/SwdY92fsBXE

"Nós queremos a justiça que seja capaz de dar liberdade e direitos iguais a todos. Não essa justiça seletiva que, quando diz que FHC tem um apartamento em nome de um laranja em Paris e em Nova York não faz nada e, se Lula tiver um Minha Casa Minha Vida, a justiça quer botá-lo na cadeia", completou.

Além de Humberto, diversos políticos ligados ao PT e a partidos aliados estiveram presentes, como os ex-prefeitos do Recife João Paulo e João da Costa, o ex-deputado federal Paulo Rubem, a deputada estadual Teresa Leitão e a novata petista, a vereadora Marília Arraes (ex-PSB).

Últimas notícias