Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Carro de empresário encontrado morto será leiloado com outros bens apreendidos pela Operação Turbulência após investigação

Blog de Jamildo
Blog de Jamildo
Publicado em 23/06/2016 às 7:41
empresario-morto FOTO:
Leitura:

A Polícia Federal informou à Rádio Jornal, na manhã desta quinta-feira (23), que o carro do empresário Paulo César de Barros Morato, um Jeep Renegade, será leiloado após o fim da investigação da Polícia Civil sobre a morte dele. Morato era o único foragido da Operação Turbulência, deflagrada na terça (21), e o corpo dele foi encontrado dentro do quarto de um motel em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, nessa quarta (22).

O veículo está com a Polícia Civil para que sejam feitas perícias. Porém, depois da apuração do caso, será entregue à Polícia Federal para ser leiloado. Uma equipe da PF está apenas acompanhando os trabalhos da Civil inicialmente, mas pode entrar na investigação se for comprovada uma ligação entre a morte do empresário e a Operação Turbulência.

Foram apreendidos na operação carros e relógios de luxo, helicópteros, avião, armas, documentos, dinheiro e objetos de informática.

LEIA TAMBÉM

» Empresário foragido da Operação Turbulência é encontrado morto em motel de Olinda

Morato é o dono da Câmara e Vasconcelos Locação e Terraplanagem. Para a Polícia Federal, há indícios de que a empresa recebeu R$ 18,8 milhões da construtora OAS para a campanha do ex-governador Eduardo Campos (PSB) à presidência, em 2014. O socialista morreu após queda de jatinho durante a campanha eleitoral.

» Provas usadas na Operação Turbulência são de inquérito sobre suposta propina na campanha de Eduardo Campos em 2010

» Agora na Operação Turbulência, FBC volta a ser citado em suposto esquema para campanha de Eduardo Campos

Foi a investigação sobre a compra da aeronave que motivou a operação e levou à descoberta de um esquema de lavagem de dinheiro em Pernambuco. Na apuração do caso a PF usou informações de 18 contas bancárias, além de dados obtidos pelo Supremo Tribunal Federal e da Justiça Federal no âmbito da Operação Lava Jato.

» PF apreende dinheiro, carros de luxo e armas na Operação Turbulência

» Envolvido na Operação Turbulência é preso enquanto malhava em academia no Recife

» Empresa que comprou jatinho usado por Eduardo Campos está em nome de um pescador

» PF investiga compra de jatinho que transportava Eduardo Campos em campanha presidencial e esquema milionário de lavagem de dinheiro

» MPF diz que Campos e FBC receberam propina do “dono do jatinho”, afirma jornal

» Sílvio Costa ataca PSB e cobra explicações sobre Operação Turbulência

Últimas notícias