Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

No Recife, João Paulo se nega a abrir mão de Lula em campanha no 2º turno

jamildo
jamildo
Publicado em 25/10/2016 às 9:53
Foto: Ashlley Melo / JC Imagem
Foto: Ashlley Melo / JC Imagem
Leitura:

Durante sabatina realizada pela Rádio Jornal, na manhã desta terça-feira (25), o único candidato do Partido dos Trabalhadores a disputar uma capital no Nordeste, João Paulo, disse que não tem medo de ter o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como reforço em seu palanque no Recife.

João Paulo, que disputa a Prefeitura contra o candidato à reeleição, Geraldo Julio (PSB), foi questionado se as denúncias contra o ex-presidente teriam impacto negativo em sua campanha e se ele estaria no Recife para dar apoio a candidatura petista no segundo turno. "Não acredito que dê mais tempo porque Lula está muito ocupado com sua defesa. Mas, com certeza, ele vindo soma positivamente. Nunca escondi ninguém no meu palanque, mas o atual prefeito tenta esconder o Michel Temer", disse o candidato.

LEIA MAIS:

>> Nordeste não deve eleger prefeitos do PT nas capitais

>> "Recife nunca foi tão feliz como quando fui prefeito", diz João Paulo

Nessa segunda-feira (24), o relatório da Polícia Federal que indiciou criminalmente o ex-ministro Antonio Palocci por corrupção passiva pela Operação Lava Jato, afirma que codinome "Amigo" em planilhas de propinas da Odebrecht se referia ao ex-presidente Lula. Em um documento do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht - o chamado departamento de propinas da empresa -, "Amigo" é destinatário de R$ 23 milhões.

No primeiro turno, Lula reforçou o palanques do PT no Recife. Na capital pernambucana, ele participou de uma caminhada com João Paulo e utilizou de seu tempo de discurso para se defender de acusações no âmbito da Lava Jato.

>> No Recife, Lula é comparado a Jesus Cristo e exposto na cruz

>> Em Pernambuco, Lula diz que "para não ser candidato em 2018, é só o Brasil dar certo"

Atualmente, de acordo com dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) no último sábado (22), João Paulo é o segundo lugar na disputa pelo comando da prefeitura. O socialista Geraldo Julio tem 61% das intenções de votos válidos, sem contabilizar aqueles que querem votar brancos e nulos, um pequeno aumento dentro da margem de erro de 3,5 pontos percentuais em relação aos 60,2% da semana passada. O ex-prefeito João Paulo (PT) manteve os 39% do levantamento anterior.

Confira a íntegra da sabatina com João Paulo:

Últimas notícias