Último guia: Geraldo usa Eduardo Campos e João Paulo critica prefeito

Blog de Jamildo
Cadastrado por
Blog de Jamildo
Publicado em 28/10/2016 às 21:19
Foto: Sérgio Bernardo / JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo / JC Imagem
Leitura:

Cada um dos candidatos que se enfrentam no segundo turno no Recife usou uma tática no último guia eleitoral de televisão deste pleito, exibido na noite desta sexta-feira (28). O prefeito Geraldo Julio (PSB), que tenta reeleição, usou imagens do ex-governador Eduardo Campos (PSB), seu padrinho político que morreu em meio à disputa presidencial há dois anos, e de Camilo Simões, secretário de Turismo e Lazer que faleceu durante a campanha. O ex-prefeito João Paulo (PT) criticou a gestão atual e adotou a estratégia de colocar vídeos de pessoas pedindo que ele volte, uma das suas marcas de campanha.

LEIA TAMBÉM

» No Recife, candidatos discutem passado e olham pouco para o futuro em debate na TV Jornal

» Em debate, candidato do PSB culpa governo Dilma por obras paradas no Recife; petista defende

Além das imagens da campanha de quatro anos atrás, quando, ainda de perfil técnico e pouco conhecido pela população, foi eleito por influência de Eduardo Campos, o programa de Geraldo Julio mostrou as vitrines da sua gestão: o Compaz, o Hospital da Mulher e a conclusão das obras da Via Mangue. "Sofremos ataques, muitas vezes duros e injustos", afirma o prefeito no guia. "É grande o desafio de fazer esse diálogo em meio à crise de credibilidade da velha política, mas o nosso caminho é o do novo, é o da verdade, essa é a diferença."

No programa de João Paulo, aparecem Irandhir Santos e Leonardo Boff, entre outras personalidades. "Uma pessoa que fez tanto bem ao povo merece a confiança do povo", diz Boff. O petista criticou a gestão de Geraldo Julio, afirmando que o Recife tem R$ 1 bilhão em caixa para obras importantes. "Fico indignado com a situação das pessoas que nesse momento precisam de apoio e neste momento não têm porque falta compromisso do atual prefeito com a maioria", acusa o candidato. "O atual prefeito parece não se importar e o que é pior mesmo tendo dinheiro no banco diz que não resolve os problemas por causa da crise", diz ainda.

Últimas notícias