Após denúncia, aliada de Geraldo Julio diz que posto de saúde em contêiner é temporário

Blog de Jamildo
Cadastrado por
Blog de Jamildo
Publicado em 30/05/2017 às 20:15
Foto: Luara Olívia/Divulgação
Foto: Luara Olívia/Divulgação
Leitura:

 população da comunidade União das Vilas, no bairro do Espinheiro, na Zona Norte do Recife, já está recebendo atendimento médico improvisado em um contêiner há dois meses. Mas vai ter que esperar pelo menos até o fim do mês para ter um novo posto de saúde. Esse foi o prazo informado pela líder do governo na Câmara, Aline Mariano (PMDB). A aliada de Geraldo Julio (PSB) enfatizou, após denúncia de Rinaldo Júnior (PRB), que a medida é temporária.

LEIA TAMBÉM

» Posto de saúde no Recife funciona em contêiner, denuncia vereador

O parlamentar de oposição afirmou que o aluguel já não era regularizado havia cinco anos e que havia ameaças de despejo desde 2013. Segundo Aline Mariano, o proprietário do imóvel onde funcionava a unidade se recusou a entrar em acordo para renovação do contrato de locação e solicitou a entrega do prédio. "Para que a comunidade não tivesse a prestação do serviço interrompido, um contêiner foi instalado, enquanto outro imóvel era alugado", disse em nota.

No contêiner, foram suspensos os serviços de vacinação e dentista, que eram oferecidos no posto anterior. Segundo a vereadora, quem precisar desses atendimentos tem que procurar respectivamente a Policlínica Waldemar de Oliveira, em Santo Amaro, na área central da cidade, e a Unidade de Saúde Mario Ramos, em Casa Amarela, na Zona Norte, que não ficam tão perto assim do Espinheiro.

Foto: Luara Olívia/Divulgação - Foto: Luara Olívia/Divulgação
Foto: Luara Olívia/Divulgação - Foto: Luara Olívia/Divulgação
Foto: Luara Olívia/Divulgação - Foto: Luara Olívia/Divulgação
Foto: Luara Olívia/Divulgação - Foto: Luara Olívia/Divulgação

 

Últimas notícias