Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

No Ceará, Danilo Cabral diz que ‘privatização é criminosa’

jamildo
jamildo
Publicado em 18/09/2017 às 14:30
Leitura:

A privatização do sistema Eletrobras, em especial da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), foi tema de audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Ceará nesta segunda-feira (18).

O presidente nacional da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf, Danilo Cabral (PSB), afirmou que o evento seria mais uma demonstração que a população, de todos os estados do Nordeste, começa a compreender as consequências da iniciativa do governo federal.

“A sociedade já entendeu que essa privatização criminosa vai representar, inevitavelmente, o aumento da conta de luz. A participação e mobilização da sociedade é que barrará a venda do São Francisco”, disse Danilo Cabral.

O deputado disse que a Chesf construiu bases para o desenvolvimento econômico e é a maior geradora de energia elétrica do Brasil.

“Em defesa do Nordeste e da soberania do nosso País, não podemos permitir esse desmonte do governo federal”, afirmou. FBC Filho garante que o que se busca é a eficiência na prestação dos serviços. No sistema Eletrobras, por exemplo, há mais de uma centena de servidores recebendo R$ 60 mil por mês, enquanto a empresa tem prejuízo.

O deputado estadual cearense Elmano Freitas (PT), autor do pedido de audiência pública, destacou a importância de uma mobilização nacional para barrar as privatizações promovidas pelo Governo Federal. Dilma vendeu até aeroportos, sem protesto dos petistas.

O parlamentar disse que as privatizações são uma quebra de direitos democráticos. “O governo Temer está promovendo um desmonte no Brasil e, recentemente, o sistema elétrico foi incluído entre as privatizações. Precisamos debater exaustivamente e buscar soluções que não permitam a venda do nosso País”, declarou.

Para o presidente da Frente Parlamentar no Ceará, deputado federal André Figueiredo (PDT-CE), o patrimônio público do País está sendo entregue de forma “irresponsável”.

“Parabéns à Assembleia Legislativa que, nesse cenário de crise, se posiciona trazendo deputados e sociedade para debater um tema tão importante para o Brasil”, enfatizou.

Participaram ainda no debate os deputados federais, Odorico Monteiro (PSB), da Frente Nacional pela Soberania Popular; Leônidas Cristino (PDT-CE); José Airton (PT-CE); além de representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB); Sindicato dos Eletricitários do Estado do Ceará (Sindeletro); Central Única dos Trabalhadores (CUT); Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e representantes da Chesf.

Com informações da Assembleia Legislativa do Ceará

Últimas notícias