Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Juiz do Rio condena PCdoB a pagar R$ 30 mil a Bolsonaro

Blog de Jamildo
Blog de Jamildo
Publicado em 02/04/2018 às 18:10
Foto: Gabriela Korossy/ Câmara dos Deputados
Foto: Gabriela Korossy/ Câmara dos Deputados
Leitura:

O juiz Mauro Nicolau Junior, da 26ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, condenou o PCdoB a pagar R$ 30 mil de indenização por danos morais ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à presidência. O parlamentar entrou com a ação contra o partido em 2016, acusando a sigla de "incitar o ódio" por causa de uma publicação no Facebook.

"(Bolsonaro) Registra que mais uma vez foi surpreendido em 13/06/2016, com uma publicação na página do réu (o PCdoB) no Facebook, exatamente no dia seguinte ao massacre causado por um terrorista na cidade de Orlando. Relata que na postagem, a fotografia do terrorista está associada ao nome do autor com os seguintes dizeres: ´MASSACRE EM ORLANDO - A verdade é a seguinte: Se o Homofóbico Omar Mateen fosse brasileiro, muito provavelmente esta seria sua foto no Facebook´", explica o magistrado na sentença.

LEIA TAMBÉM

» Bivar confirma negociações para palanque a Bolsonaro com coronel Meira

» Coronel Meira deve ser candidato ao governo, para dar palanque a Bolsonaro em Pernambuco

» Bolsonaro e aliados de Lula trocam acusações durante atos em Curitiba

» Lula quis transformar País em galinheiro e agora colhe ovos, diz Bolsonaro

A decisão foi publicada, sem alarde, no último dia 21.

» Bolsonaro diz que quer Alexandre Frota ministro da Cultura

» Humberto Costa acusa Bolsonaro e PSDB de estimularem atentados contra Lula

» Filho fala em série sobre Bolsonaro e Netflix ironiza: ‘você está louca’

» Bolsonaro ‘não terá repostas que não sejam agressões’, afirma Manuela

Em sua defesa, o PCdoB afirmou que não é o responsável pela postagem. "Além disso, salienta que a postagem da foto e mensagem do facebook, não associa a pessoa de Omar Mateen à pessoa do autor. Afirma que a inscrição consignada na sua parte inferior, vem a ser a hipotética preferência que uma pessoa como a de Omar, pela candidatura à Presidência da República do autor", relata o juiz.

O magistrado não acatou os argumentos do PCdoB. "A boa reputação, o bom nome, o alto conceito que alguém goza diante da sociedade é como um belo vaso de cristal que, uma vez quebrado, por melhor que seja a restauração, sempre deixará marcas e desvalorização", afirma na decisão favorável a Bolsonaro.

Últimas notícias