Marília Arraes anuncia coordenador de programa de governo

Blog de Jamildo
Cadastrado por
Blog de Jamildo
Publicado em 15/06/2018 às 8:55
Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Leitura:

Mesmo diante da incerteza que permeia a sua possível candidatura ao Governo de Pernambuco, a vereadora do Recife Marília Arraes (PT), deu um passo para a viabilização de sua candidatura. Enquanto o PT nacional não resolve os caminhos que serão tomados pelo partido em Pernambuco - se apoia ou não o PSB do governador Paulo Câmara -, a vereadora avançou com sua candidatura ao Palácio do Campo das Princesas ao anunciar o nome do advogado Cláudio Ferreira como coordenador do grupo que irá desenvolver o programa de seu eventual governo.

Ferreira foi secretário de Assuntos Jurídicos da Prefeitura do Recife na gestão do ex-prefeito João da Costa (PT) e, nas eleições de 2012, coordenou a campanha de Maurício Rands para as prévias do PT.

LEIA TAMBÉM

» Se Marília for preterida ou atropelada, segue na oposição, prevê Armando

» A candidatura de Marília não une o PT, diz José de Oliveira

» Gleisi orientou retirar candidaturas e deixar apenas Marília, diz deputada

» PT lança resolução em que prioriza aliança com PSB e pode limar Marília

» Unidade da esquerda não pode vir por chantagem, diz Marília, contra PSB

Em sua conta no Facebook, Marília se diz confiante, apesar da indefinição. “Hoje começamos uma nova fase de nossa pré-candidatura ao Governo do Estado. É com muita alegria que anunciamos o nome do amigo e advogado Cláudio Ferreira, como coordenador do grupo que irá trabalhar a construção de nosso Programa de Governo. Obrigada Cláudio por aceitar nosso convite nesse projeto que nasceu de nossas bases e já ganhou os quatro cantos de Pernambuco”, afirmou a pré-candidata.

Relembre

O PT lançou no fim de semana passado uma resolução colocando como prioridade a formação de uma aliança nacional com o PSB e o PCdoB. Se o apoio for confirmado, a configuração deverá ser repetida nos palanques estaduais, o que poderia inviabilizar a candidatura de Marília Arraes ao governo. Hoje, o partido está dividido no Estado entre o grupo da vereadora, contrário ao apoio a Paulo Câmara, e os que defendem a aliança, como o senador Humberto Costa.

Últimas notícias