Boneco gigante de Bolsonaro vai desfilar no Carnaval de Recife e Olinda

Blog de Jamildo
Blog de Jamildo
Publicado em 22/11/2018 às 17:22
Foto: Leandro Castro/Cortesia
Foto: Leandro Castro/Cortesia
Leitura:

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), virou boneco gigante. Ele está exposto desde esta quinta-feira (22) na Embaixada dos Bonecos Gigantes, na Rua do Bom Jesus, no Bairro do Recife, e será um dos que vão desfilar no Carnaval da capital pernambucana e da cidade vizinha Olinda. 

O boneco começou a ser feito logo após a eleição de Bolsonaro, em outubro. "Temos como característica e tradição ter o boneco da presidência. Tivemos Lula, Dilma, Temer e, com a vitória de Bolsonaro, tinha que ter o boneco do presidente", explicou o produtor cultural Leandro Castro, à frente da embaixada. "Se fosse Haddad, seria Haddad", minimizou.

LEIA TAMBÉM

» Governadores do Nordeste querem ‘interlocução direta’ com Bolsonaro

» ‘Da nossa parte, a eleição terminou’, diz governador do Piauí

» Será Bolsonaro o ‘novo Temer’ de Paulo Câmara?

» Haddad vence no Nordeste e PT mantém hegemonia na região

» Ministério quer entregar transposição antes da saída de Temer

» Governadores do NE pedem pacto federativo e crédito a Bolsonaro

Bolsonaro foi vestido com um terno azul e uma gravata verde. Segundo Leandro, após a posse, em 1º de janeiro, será colocada a faixa presidencial também.

Foto: Leandro Castro/Cortesia

Leandro Castro afirmou que não teme protestos durante o Carnaval. "Principalmente numa eleição polarizada, de repente não agrada muito ter a imagem dele", admitiu. "Mas estamos falando do presidente do País. A gente tem que torcer, como torceu com Lula. Se o País vai bem, todos estamos bem", disse.

São dois desfiles no Carnaval. O primeiro, na segunda-feira, na Apoteose dos Bonecos Gigantes, em Olinda. O do Recife é na Terça-feira Gorda.

Após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o boneco gigante de Michel Temer (MDB) não saiu no Carnaval para evitar protestos. No mesmo ano, saíram os norte-americanos Donald Trump e Barack Obama.

Fotos: Divulgação

Em 2015 e 2016, também para evitar protestos, o de Dilma Rousseff também não havia saído, após ter sido alvo de xingamentos e vaias. Na Embaixada dos Bonecos Gigantes, estão ainda os que representam Lula (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Há bonecos ainda de nomes famosos pela Operação Lava Jato. O do ex-juiz Sérgio Moro, que será ministro da Justiça e Segurança Pública de Bolsonaro, já desfilou no Carnaval. Mesmo após a prisão do policial Newton Ishii, conhecido como ‘Japonês da Federal’, ele também foi mantido.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

O produtor afirmou que encaminhou um ofício para a assessoria de Bolsonaro nesta quinta-feira (22), informando sobre a homenagem.

Resultado das urnas

Apesar da vitória com 55,13 % dos votos, enquanto Fernando Haddad (PT) teve 44,87% no segundo turno, em Pernambuco, Bolsonaro foi derrotado. No primeiro turno, o presidente eleito obteve 30,57% dos votos no Estado, contra 48,87% de Haddad. Foi superado pelo petista também no segundo turno, em que ficou com 33,50%, menos que os 66,50% de Haddad.

Considerando apenas o Recife, Bolsonaro conseguiu vencer no primeiro turno, mas houve uma virada de Haddad no segundo. No primeiro turno, Bolsonaro ficou com 43,14%, contra 30,05% do petista. No segundo, foram 52,50% para Haddad e 47,50% para Bolsonaro.

Últimas notícias