Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Após PT entrar na 'Frente Popular', Sintepe apoia proposta salarial de Paulo Câmara para professores

jamildo
jamildo
Publicado em 21/08/2019 às 17:49
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

O governador Paulo Câmara (PSB) enviou à Assembleia um projeto de lei para corrigir o salário dos professores da rede estadual.

Segundo informações nos anexos do projeto, os professores que recebem abaixo do piso nacional terão seus vencimentos corrigidos em 4,17% (a partir do dia 1° de agosto, com efeito retroativo a janeiro).

Já aqueles professores que recebem acima do piso terão seus vencimentos reajustados em 4,17% em duas parcelas (outubro e dezembro).

De acordo com técnicos do governo, pela primeira vez, desde 2013, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (SINTEPE) não fará oposição na Assembleia Legislativa aos termos do projeto, nem criticará publicamente o percentual do reajuste.

O apoio do sindicato ocorre após o PT voltar à Frente Popular (aliança liderada pelo PSB no Estado) nas eleições de 2018.

Segundo o site oficial do SINTEPE, os professores já aprovaram previamente a proposta de aumento de 4,17% feita por Paulo Câmara.

"Os trabalhadores em educação aprovaram a proposta de reajuste salarial do governo em Assembleia Geral. A discussão, realizada no Centro Social da Soledade, no Recife, analisou e discutiu a proposta apresentada pelo governo durante a 5ª mesa negociação", diz o sindicato, em seu site oficial.

A aprovação da proposta do Governo do Estado, segundo o site oficial do sindicato, foi "por maioria".

Após o blog revelar que o projeto já estava tramitando na Assembleia, o SINTEPE divulgou uma nota, no Facebook, naquela linguagem assemelhada sindical:

"O Projeto de Lei Complementar 467/2019, que corrige o piso salarial dos /as trabalhadores/as em educação da rede estadual de ensino, foi divulgado, hoje (20), pelo Governo. O documento, porém, não foi aprovado e tramitará na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O Projeto de Lei Complementar poderá ser conferido no site do Diário Oficial e sua tramitação, no site da Alepe.

Como aprovado em Assembleia Geral do Sintepe, os/as professores/as que recebem abaixo do Piso terão seus vencimentos corrigidos em 4,17% a partir do dia 1° de agosto, com efeito retroativo a janeiro. Aqueles que recebem acima do Piso terão seus vencimentos reajustados em 4,17% em duas parcelas (outubro e dezembro). Os/as administrativos/as receberão sua gratificação nominal a partir do dia 1° de dezembro.

O Governo divulgou ainda a grade de vencimento base do cargo público de professor/a com carga horária de 150 horas/mensais e 200 horas/mensais. O documento será analisado e acompanhado pelo Sintepe e até sua aprovação na Alepe."

Últimas notícias