Retaliando Dodge, procuradores da Lava Jato pedem demissão coletiva

Fillipe Vilar
Cadastrado por
Fillipe Vilar
Publicado em 04/09/2019 às 20:27
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

Na noite desta quarta-feira (4), os seis procuradores que integram a Força-Tarefa da Lava Jato da Procuradoria-Geral da República entregaram seus cargos. A informação é do jornal O Globo.

A atitude foi em retaliação à procuradora-geral Raquel Dodge, que enviou enviou a delação de Léo Pinheiro na terça-feira (3) pedindo para homologar o acordo.

»Gebran nega anexar diálogos vazados da Lava Jato à defesa de Lula
»PGR diz que STF deve decidir sobre anulação de sentenças da Lava Jato

Os procuradores não gostaram do fato de que Dodge pediu para arquivar preliminarmente trechos da delação que citavam o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), antes mesmo do ministro avaliar o aval jurídico para o acordo.

Os seis procuradores que compõem o grupo de trabalho da Lava-Jato na PGR, Raquel Branquinho, Maria Clara Noleto, Luana Vargas, Hebert Mesquita, Victor Riccely e Alessandro Oliveira avisaram sobre a demissão por meio de mensagem, enviada nesta noite a grupos coletivos de trabalho das forças-tarefas da Lava-Jato em Curitiba e no Rio.

A mensagem foi assinada pelos seis.

»STF vai decidir repasse de fundo da Lava Jato para estados da Amazônia
»Decisão do STF pode anular condenações da Lava Jato, diz força-tarefa

Leia a íntegra

Devido a uma grave incompatibilidade de entendimento dos membros desta equipe com a manifestação enviada pela PGR ao STF na data de ontem (03.09.2019), decidimos solicitar o nosso desligamento do GT Lava Jato e, no caso de Raquel Branquinho, da SFPO. Enviamos o pedido de desligamento da data de hoje. Foi um grande prazer e orgulho servir à Instituição ao longo desse período, desempenhando as atividades que desempenhamos. Obrigada pela parceria de todos vocês. Nosso compromisso será sempre com o Ministério Público e com a sociedade.

Últimas notícias