Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Policiais civis pressionam Paulo Câmara e ameaçam parar no Carnaval

Blog de Jamildo
Blog de Jamildo
Publicado em 05/02/2020 às 15:24
Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol. Foto: Arquivo
Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol. Foto: Arquivo
Leitura:

Para pressionar o governador Paulo Câmara (PSB) por reajuste salarial e melhores condições de trabalho, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) marcou para o dia 13 de fevereiro uma assembleia. Na reunião, segundo a entidade, pode ser decidida a realização de uma paralisação durante o período de Carnaval.

O presidente do sindicato, Áureo Cisneiros, esteve na última segunda-feira (3) na cerimônia de formatura de 405 novos agentes de polícia cerimônia realizada no Centro de Convenções. Segundo Cisneiros, a diretoria do sindicato cobrou de Paulo Câmara maior valorização dos policiais.

Paulo Câmara na cerimônia de formação de policiais civis (Foto: Hélia Scheppa/Divulgação) - Paulo Câmara na cerimônia de formação de policiais civis (Foto: Hélia Scheppa/Divulgação)
Antônio de Pádua, secretário de Defesa Social, e o governador Paulo Câmara (Foto: Hélia Scheppa/Divulgação) - Antônio de Pádua, secretário de Defesa Social, e o governador Paulo Câmara (Foto: Hélia Scheppa/Divulgação)

"Fiquei frente a frente com o governador e reiterei nossa intenção de investir no diálogo, mas, diante da falta de sinalização por parte do governo e de acordo com as últimas deliberações da nossa categoria, seguimos com a mobilização dos Policiais Civis de Pernambuco para a implantação de uma 'Operação Padrão'", disse o presidente do sindicato, em nota.

"Além disso, no próximo dia 13, haverá nova assembleia para avaliação da postura do governo, o que pode acentuar o tom, inclusive, no período carnavalesco e paralisar os serviços da polícia civil. Não é isso que queremos, mas estamos no limite. Desde o ano passado tentamos negociar e nada de sensibilidade do governo para nossa valorização, continuamos entre um dos piores salário do país".

Em nota, a Secretaria de Defesa Social (SDS) afirmou que "todo o planejamento para o Carnaval 2020 está sendo feito desde o segundo semestre de 2019, por meio do Grupo de Trabalho do Carnaval, e será apresentado em coletiva de imprensa na manhã do 11 de fevereiro, na sede da SDS. A segurança pública terá importante reforço para o período (das prévias ao pós-festa), com a chegada de mil policiais civis e militares recém-nomeados pelo governador Paulo Câmara, para que os foliões pernambucanos e turistas brinquem com muita tranquilidade a alegria".

Em 2015, os policiais civis também ameaçaram paralisar as atividades no Carnaval, mas, após um acordo com o governo estadual, não houve greve. No mesmo ano, o primeiro de Paulo Câmara no Palácio do Campo das Princesas, os policiais militares também fizeram mobilizações para pressionar a gestão estadual.

Últimas notícias