Por causa do coronavírus, escritório vinculado aos Estados Unidos cancela evento educacional no Recife

José Matheus Santos
Cadastrado por
José Matheus Santos
Publicado em 13/03/2020 às 8:37
Foto: Reprodução/Pixabay
Estrangeiros terão que comprovar vacinação completa e se submeter a testes e rastreamento de contatos - FOTO: Foto: Reprodução/Pixabay
Leitura:

O escritório oficial do setor de estudos do Departamento de Estado dos Estados Unidos (EducationUSA) anunciou, nesta quinta-feira (12), que a Feira EducationUSA está cancelada. O evento seria realizado no Recife e outras cinco cidades brasileiras entre os dias 25 de março e 5 de abril.

Nesta quinta-feira (12), Pernambuco confirmou os primeiros casos de coronavírus no Estado.

Além da capital pernambucana, a feira educacional também ocorreria nas cidades de Florianópolis (SC), Foz do Iguaçu (PR), Salvador (BA), Fortaleza (CE) e Belo Horizonte (MG).

LEIA TAMBÉM:

» Com medo do coronavírus, TRT de Pernambuco libera servidores públicos para ‘trabalharem de casa’

» Coronavírus expõe a fragilidade do sistema de saúde americano, diz líder do PSB na Alepe

» Moro defende que suspeitos de infecção por coronavírus possam ser internados compulsoriamente

» Novo coronavírus: mais grave do que se pensa

 

Mais informações para o evento estão disponíveis para consulta no site oficial www.educationusa.org.br, assim como nos escritórios locais do EducationUSA e parceiros de cada cidade.

O EducationUSA é o escritório oficial do Departamento de Estado para informações sobre estudos nos Estados Unidos e possui uma rede global de mais de 400 centros de orientação.

LEIA MAIS:

» "Nada de pânico", orienta o Secretário da Saúde de Pernambuco sobre o coronavírus

» Vereadora do Recife pede que evento internacional, com mais de três mil pessoas, seja adiado em Pernambuco

A missão do escritório é facilitar o acesso gratuito às informações sobre oportunidades de estudos nos EUA. 

Como se prevenir do coronavírus

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • Ficar em casa quando estiver doente;
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência;
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

O que é o coronavírus

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31 de dezembro de 2019, após casos registrados na China.

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus.

Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Últimas notícias