Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Compesa vai isentar conta de água para quem tem tarifa social

Blog de Jamildo
Blog de Jamildo
Publicado em 19/03/2020 às 18:52
Foto: Pedro França/Agência Senado
Foto: Pedro França/Agência Senado
Leitura:

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) anunciou nesta quinta-feira (19) que vai isentar de pagamento da conta de água os usuários enquadrados na categoria de tarifa social. A medida vale por tempo indeterminado e segue até o fim da crise provocada pelo coronavírus.

De acordo com a Compesa, são 120 mil usuários.

LEIA TAMBÉM

» Saiba tudo sobre o coronavírus

» Sobe para 28 o número de casos confirmados de coronavírus em Pernambuco

» Agentes pedem suspensão de visitas em presídios de Pernambuco

» Luciano Siqueira critica reação de Bolsonaro ao coronavírus

» Brasil fecha fronteiras com oito países da América do Sul por causa do coronavírus

» Pernambuco tem 22 casos confirmados do novo coronavírus

» Governo propõe que empresas cortem jornadas e salários pela metade em meio ao coronavírus

» Bolsonaro anuncia que mais um ministro está com coronavírus

A companhia afirmou também que serão investidos R$ 9,5 milhões para ampliar a oferta de água na Região Metropolitana do Recife, em obras de curto prazo. No sistema Tapacurá, que atende toda a cidade de Camaragibe e vários bairros de Jaboatão dos Guararapes e da capital, a captação de água será ampliada.

Nas localidades do Grande Recife desabastecidas, onde não há rede ou a pressão não é suficiente, o número de carros-pipa aumentará de 16 para 40.

As medidas foram anunciadas em coletiva de imprensa. Veja:

O número de casos de coronavírus confirmados em Pernambuco aumentou de 22 para 28 entre a quarta (18) e a quinta-feira (19). Além desses, entre os casos notificados desde 25 de fevereiro, três são prováveis, 166 foram descartados e 311 permanecem em investigação.

Mais cedo, o governador Paulo Câmara (PSB) anunciou que, a partir do próximo sábado (21), o Estado adotará medidas mais restritivas. Será determinado o fechamento de shoppings, salões de beleza, clubes sociais, bares, restaurantes, lanchonetes e comércio de praia. 

Últimas notícias