CTTU diz que contratação de empresa por R$ 2 milhões para auxiliar na aplicação de multas é uma 'renovação' de vínculo

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 10/06/2020 às 12:22
Foto: Guga Matos/Acervo JC Imagem
Foto: Guga Matos/Acervo JC Imagem
Leitura:

Nesta terça-feira (9), o blog mostrou que a Prefeitura do Recife abriu licitação para escolher uma empresa para dar suporte aos agentes de trânsito na aplicação de multas.

O valor que a empresa privada poderá receber pode chegar a até R$ 2.136.348,85. A compra está sendo feita por um pregão eletrônico, e a abertura das propostas será em 8 de julho. A licitação está sendo conduzida pela CTTU.

> Prefeitura do Recife vai contratar empresa por R$ 2 milhões para auxiliar na aplicação das multas de trânsito

Em nota enviada à reportagem nesta quarta-feira (10), a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) disse que não há mudança no orçamento da instituição, diante do novo pregão.

"A publicação no Diário Oficial do Recife informou sobre uma licitação para renovação do contrato de equipamentos de talonário eletrônico, utilizado pelos agentes de trânsito desde 2014, quando os talões de papéis para lavrar o ato de infração foram substituídos", afirma nota da CTTU.

Arrecadação recorde em 2019

Matéria no Jornal do Commercio, em janeiro de 2020, mostrou que a CTTU bateu, em 2019, um recorde na arrecadação em multas.

A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) bateu recorde na arrecadação através de multas de trânsito no ano de 2019, chegando a R$ 98.208.610,33. Houve um aumento de 40,85% em relação a 2018, que teve arrecadação de R$ 69.724.632,96, sem contar com os dados do mês de dezembro, que não estão disponíveis.

Dados disponíveis do ano de 2016 a 2019 mostram uma crescente na arrecadação. O valor arrecadado em 2016 foi de quase R$ 30 mil, que depois subiu para pouco mais de R$ 36 mil em 2017. Já de 2017 para 2018 houve o maior aumento, de 92,80%.

Veja os números da arrecadação da CTTU com multas:

2016: R$ 25.966.865,47

2017: R$ 36.165.003,38 (39,27% maior que 2016)

2018: R$ 69.724.632,96 (92,80% maior que 2017)

2019: R$ 98.208.610,33 (40,85% maior que 2018)

Últimas notícias